ANÚNCIO

No Parque Nacional de Amboseli, no Quênia, quase 1.600 elefantes vagueiam livremente com suas famílias e amigos.

Mas, recentemente, uma família deu as boas vindas a dois bebês muito especiais. Eles são tão raros, na verdade, que o parque não vê algo assim desde 1980.

ANÚNCIO

Elefantes gêmeos!

No final de maio, uma fêmea de 38 anos chamada Paru, deu à luz um menino e uma menina. Ela faz parte de uma família de 40 membros – e todos, incluindo a irmã mais nova dos bebês, estão a ajudar mamãe a cuidar dos recém chegados bebês.

ANÚNCIO

Agora com 2 meses de idade, os pequenos continuam a desafiar as probabilidades. A pesquisa sugere que há menos de 1% de chance de que os elefantes dêem à luz gêmeos. E se nascerem, existe grande probabilidade de que um morra logo após o nascimento.

Até agora, os pequenos estão indo muito bem, nunca se afastando muito da mãe ou do resto da família. Eles também se encontram no melhor lugar possível para se manterem seguros; no parque nacional, membros da comunidade local e guardas florestais se unem para proteger os animais do risco, muito comum, da caça furtiva.

ANÚNCIO

Felizmente, esses bebês vivem na natureza aonde pertencem – mas nunca estão demasiado longe dos guardas florestais, para o caso de precisarem de ajuda imediata.

E os guardas florestais, que muitas vezes sentem que os elefantes são da família, não poderiam estar mais animados por poderem ver os gêmeos crescer.

“Este é um cenário muito singular em termos de conservação, particularmente na população de elefantes”, disse Kenneth Ole Nashu, diretor do parque. “Estamos muito orgulhosos e agora estamos monitorando e a [garantir] que os bebês estejam sempre de boa saúde”.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Tradução Portal do Animal – Fonte: The Dodo

Você pode gostar: