Filhotes passam dias dentro de uma casa abandonada esperando que alguém os encontre

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Quando a voluntária Donna Lochmann recebeu uma ligação sobre um cachorro angustiado no porão de uma casa abandonada, ela sabia que tinha que verificar imediatamente.

ANÚNCIO

O que ela não sabia era que havia uma pequena família inteira esperando por alguém para ajudá-los.

“Assim que saímos do carro, pudemos ouvir vários bebês chorando”, disse Donna, chefe de resgate do abrigo Stray Rescue of St. Louis.

Donna seguiu os choramingos até o porão e encontrou três filhotes assustados, com cerca de 6 semanas de idade, uivando para serem notados.

ANÚNCIO

Leia também: Vira-lata arrastado no asfalto por moto é adotado e ganha vida nova em MG: ‘História de partir o coração’, diz dona

Ao mesmo tempo, Donna podia ouvir a mãe latindo de outra parte da casa. Depois de pegar os filhotes e levá-los para seu jipe, ela armou uma armadilha para a mãe deles. Em vez de investigar a armadilha, porém, a assustada cachorra fugiu.

ANÚNCIO

“Nós nunca queremos deixar a mãe para trás”, disse Donna. “Então voltei mais algumas vezes esperando que ela ainda estivesse naquela área.”

Em suas duas primeiras viagens de volta para casa, a cuidadora não teve sorte em encontrar a cadela. Então, em sua terceira visita, ela ouviu um latido familiar vindo do primeiro andar da casa.

Enquanto Donna subia as escadas do porão para o primeiro andar, ela ouviu um pequeno ganido e olhou para baixo para encontrar um quarto filhote minúsculo a seus pés.

ANÚNCIO

“Eu não podia acreditar. Procuramos em todos os lugares no dia em que estivemos lá pelos filhotes originais e não vimos mais nenhum lugar.”

Donna não tinha certeza de como os filhotes estavam entrando no porão até que ela chegou ao patamar no topo da escada. Lá, ela encontrou um grande buraco nas tábuas do assoalho, por onde os filhotes pareciam estar caindo.

Quando ela chegou ao primeiro andar, Donna encontrou mais 4 filhotes!

“Ao todo, havia um total de oito filhotes, incluindo os três que encontramos no primeiro dia”, disse ela.

Donna trouxe todos os filhotes para seu jipe ​​e garantiu que eles estivessem seguros antes de voltar para procurar sua mãe. Desta vez, ela armou uma armadilha dentro de casa e esperou que a mãe verificasse.

Um pouco depois, a cuidadora voltou para verificar a mamãe cadela e a encontrou presa na armadilha.

“Naquele dia, tiramos oito filhotes e suas mães das ruas”, comemorou.

Donna trouxe a mamãe cadela, a quem ela chamou de Windy Day, e seus filhotes para o abrigo para cuidados.

Os três primeiros filhotes foram para um abrigo de cães, e os cinco restantes encontraram lares adotivos logo após chegarem ao abrigo. A mãe deles, Windy Day, ainda está esperando uma família para pegá-la e amá-la.

“Espero que alguém a leve logo”, disse Donna. “Ela é super doce.”

O abrigo Stray Rescue of St. Louis postou Windy Day em seu site na esperança de encontrar um lar amoroso para ela. Até então, os funcionários do abrigo estão absorvendo todo o seu tempo com a afetuosa mamãe cadela e agradecem por ela nunca mais ficar sozinha e com medo.

Leia também: “Ele era como um filho pra mim”, lamenta dono de pit bull dócil que foi morto enforcado em Goiás

Compartilhe o post com seus amigos! 😉