ANÚNCIO

Na última quarta-feira (10), o delegado Matheus Laiola, chefe da Delegacia do Meio Ambiente do Paraná, resgatou um cavalo em condições extremas de maus-tratos e negligência.

“Quando pensamos em cavalo, imaginamos aquele ser majestoso, elegante e impotente, não é mesmo?! Infelizmente não encontramos isso nos resgates de cavalos que realizamos”, lamentou Matheus em um post compartilhado no Instagram.

ANÚNCIO

Na semana passada, ele e sua equipe receberam um pedido de apoio da ONG Grupo Força Animal, uma associação de amparo a cães e gatos da capital paranaense. A entidade informou que havia um cavalo em maus-tratos sofrendo na região periférica da cidade.

Ao chegarem no local, a denúncia foi confirmada. “O cavalo estava muito magro, com lesões por todo o corpo”, lamentou o delegado.

ANÚNCIO

Leia também: Vendedor de algodão doce leva seu cachorrinho para lhe fazer companhia todos os dias

O tutor não estava no local, mas já está identificado e será responsabilizado por seus atos.

Felizmente, ONG Grupo Força Animal acolheu o equino e ficará responsável por sua recuperação.

ANÚNCIO

“Confesso que não consigo entender qual a necessidade de ter um animal, se é para deixar nessas condições. Há quantos meses/anos ele está sendo negligenciado, para estar assim?! Infelizmente não teremos a resposta correta, pois o tutor, quando for ouvido na Delegacia com certeza contará a mesma conversa furada de sempre: “que cuida dele, que ele estava sendo tratado, blá, blá, blá, etc”, desabafou Matheus.

“De toda forma, fizemos a nossa parte”, concluiu o delegado.

Leia também: Cãozinho que esperou seu dono por dias na porta de hospital é adotado por nova família

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Você pode gostar: