Cadela fica depressiva após morte de gato e ganha filhotes para se recuperar…

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Flora, uma malamute do Alasca (raça com certa semelhança ao husky, mas de tamanho maior), colocou à prova a velha máxima de que cães e gatos são rivais. A cadela entrou em depressão quando Dexter, um gato de aproximadamente 20 anos que havia sido adotado pela família de seus donos, morreu.

ANÚNCIO

A solução para o desânimo do cão demorou, mas apareceu. O remédio que a família Williams, que mora nos Estados Unidos, encontrou para trazer de volta a felicidade de Flora foi trazer novos companheiros para o malamute: quatro gatinhos.

Segundo Jill Williams, a “mãe” de Flora, Dexter veio para casa há dois anos, já em idade avançada. O apego entre os dois animais foi instantâneo. Eles andavam juntos e eram inseparáveis. Quando o gato morreu devido a idade avançada, o cão entrou em um estado de luto inconsolável.

ANÚNCIO

A primeira tentativa para curar a saudades que Flora sentia de seu amigo veio quando Jill trouxe dois gatinhos para casa. Mas, infelizmente, não houve adaptação. Segundo a dona, os pequenos se sentiam acuados diante de um cachorro tão grande como Flora (que tem cerca de 45 kg).

A nova tentativa aconteceu no começo de agosto. Jill levou para casa quatro gatinhos: Roxy, Iggy, Bowie e Glamour. Foram dois dias para adaptar a casa para os novos moradores, mas deu certo. Resgatados da Best Friends Animal Society, ONG que cuida de animais, os quatro gatos começaram com receio, mas rapidamente perderam o medo do malamute.

ANÚNCIO

“Iggy foi a primeira a criar coragem. Ela foi até Flora e cheirou o focinho. Foi quando um enorme sorriso surgiu no rosto dela”, disse Jill Williams ao site da revista “People”. Em seguida, Glamour também criou coragem e foi até o cachorro. “Acho que Flora é uma encantadora de gatinhos”, brincou a dona.

Os pequenos estão para adoção e deverão ir em breve para novas casas. Para não deixar que Flora volte a ficar deprimida, a família está já atrás de novos bebês gato para manter em casa. Quem quiser acompanhar Flora pode ir até a página do Instagram dela, onde a família registra todo o carinho que o grande malamute dá para os filhotes de gato.