Mulher ganhou tartaruga no seu décimo aniversário e agora elas estão juntas há 56 anos

Para muitos de nós, uma das grandes alegrias da vida é poder ter um animal de estimação em casa. Infelizmente, eles vivem muito menos do que gostaríamos. Um cachorro, por exemplo, tem uma expectativa de vida aproximada de 13 anos. Os gatos, 16.

Vivemos até cinco vezes mais do que nossos melhores amigos. No entanto, para Jeanna Smith, isto não será um problema: quando criança, ela ganhou de aniversário uma tartaruga cuja expectativa de vida excede os 100 anos de idade!

Em outras palavras, é provável que Jeanna parta dessa para melhor primeiro que George.

A fazendeira mora em Milwaukee, cidade mais populosa do estado de Wisconsin, nos Estados Unidos.

Quando criança, adorava tartarugas. Não foi exatamente uma surpresa quando o pai lhe deu uma tartaruga gopher no seu aniversário de 10 anos, que a pequena batizou de “George”.

Em pouco tempo, criaram um forte vínculo, que com o passar dos anos, se tornou antes de mais nada, forte e muito, muito duradouro. De fato, elas estão juntas há incríveis 56 anos!

Imagine só, George foi adotado em 1962. Nessa época, Jeanna levava seu animal de estimação para a escola de bicicleta todos os dias, onde ele era transportado em uma cesta.

Eles faziam absolutamente tudo juntos: se divertiam nas férias, frequentavam as salas de aula, iam em festas, se alimentavam e dormiam juntos.

A incrível amizade foi acompanhada de perto todos esses anos pelos familiares de Jeanna e amigos próximos.

George é alimentado com morangos e kiwis, suas frutas preferidas, mas tem uma dieta variada para complementar suas necessidades alimentares.

Quando Jeanna se formou no ensino médio, decidiu levar George para o campus da faculdade. Ele morou cinco anos no quarto da moça, até ela conquistar o diploma.

Nesse meio tempo, a formanda conheceu Kirby Smith, seu futuro marido. De início surpreso com o animal de estimação da amada, ele logo passou a ser simpático e solícito com George também.

Após casarem-se, compraram uma casa e reservaram um cômodo para a tartaruga. O casal teve filhos: um a um, cada qual estabeleceu um vínculo próprio com George.

Hoje, Jeanna chegou aos 66 anos de idade e todos os filhos já são independentes. Restaram na casa o marido, Kirby, que está com ela há 45 anos, e claro, George, há 56.

Uma tartaruga desta espécie vive em média 40 a 60 anos na natureza. Em cativeiro, com uma dieta alimentar correta, podem viver mais de 100. Por isso mesmo, Jeanna já espera partir antes do amigo. Ela pretende cuidar e aproveitar dele enquanto estiver viva, e espera que sua família o respeite e o trate bem quando ela se for. “Quando eu for, então George irá morar com eles. Está no testamento ”, concluiu ela.

Saiba mais sobre essa história:


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Escrito por Gabriel Pietro, em exclusivo para o Portal do Animal

Bezerro que entrou em casa durante tempestade é adotado como animal de estimação
Vizinho chama polícia após ouvir ‘mulher’ gritar socorro: ‘Quem gritava era afinal um papagaio’
Família quase enterra marmota ‘morta’: ‘Chamamos uma especialista assim que ela se mexeu’
Veterano do Exército atira em galho a 20 metros de altura para libertar águia presa
Beagle se diverte muito dançando com sua vovó: ‘Ele ama dançar mais que tudo no mundo’
Conheça Hulk, o raro cachorrinho que nasceu verde florescente
Estudantes de engenharia biomédica criam máscara 3D para ajudar filhote com crânio faturado
Vizinhos ajudam cachorrinho com tumor gigante após ele ser negligenciado pelo dono
Gatinha fica perplexa ao ver dona sentar dentro de sua caixa: ‘Todas as caixas tem de ser dela’
Gerente de abrigo faz evento de adoção e se surpreende: cães adotados e viagem para o Caribe
Cão cego e surdo conforta todos os animais doentes resgatados que passam por sua casa
Família fica chocada ao encontrar cobra na árvore de seu gato