No dia 12 de outubro, após um evento em sua sua cidade, Henrique Pozer, um estudante que mora em Aguaí, interior de São Paulo, encontrou uma pombinha debilitada e sozinha.

O jovem, como um protetor dos animais, não poderia deixar ela ali, então trouxe ela para casa, afim de cuidar dela.

“Quando estava indo embora, encontrei uma pomba recém-nascida. Ela estava machucada e fraca. Não podia ignorar e simplesmente seguir o meu caminho. Então, coloquei ela em uma caixa e a levei para casa”, lembra.

Mesmo sendo uma pomba, animal rotulado por muitos como sujo e transmissor de doenças, o estudante não se importou. Ele relata sobre esse preconceito dizendo:

“Acredito que toda vida importa. A única doença é o preconceito humano.”

Leia Também: Conheça a incrível história de amizade entre um esquilo órfão e a cachorrinha que o ‘adotou’

O Lar da Pombinha

Após se recuperar, Henrique estava ansioso para ver a pombinha voar, mas o que ele não espera era que ali já era seu lar.

“Após quase um mês, Jurema estava pronta para seguir sua vida livremente. Estava tão empolgado para que ela fosse embora, que não havia percebido que ali já era sua casa”, relatou.

Com a ajuda de sua família, o estudante havia alimentado a pombinha todos os dias durante sua recuperação, além de lhe dar muito amor e carinho. Só isso já fez a filhotinha inteligente sentir-se acolhida, se recusando a ir embora.

“Pode parecer loucura, os pombos são sempre ignorados e taxados como sujos e doentes. Mas dê uma oportunidade de conhecê-los de verdade. São animais incríveis e inteligentes como qualquer outro”, relatou o homem.

Henrique, conclui dizendo:

“Costumo falar que quando encontramos alguém doente e não ajudamos, devemos repensar, porque o doente somos nós. Já cuidei de inúmeros animais, mas com a Jurema foi diferente.”

Atualmente a pomba está feliz em seu novo lar e já ganhou até uma casinha!

Leia Também: Porquinho paraplégico é resgatado e ganha documento de identidade para animais domésticos


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!