Homem se arrisca em zonas de guerra para poder salvar gatinhos em perigo

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Em tempos difíceis sempre há aqueles que não desistem e lutam pela sua causa até o final. Esse é o caso deste homem que montou uma equipe de resgate para poder salvar gatinhos vulneráveis em zonas de guerra.

ANÚNCIO

Recentemente, Mohammad Alaa Aljaleel foi para a cidade de Kafr Nabl, na Síria. Uma área que é considerada como zona de guerra e sofreu ataques aéreos nas últimas semanas.

Poucas pessoas se aventurariam em regiões como essa, mas este homem foi, e ele fez isso com o único intuito de poder resgatar os gatos que estavam ali. Os animais naquela área foram, em sua maioria, deixados por suas famílias que fugiram antes do início do bombardeio.

ANÚNCIO

Alessandra Abidin, comentou:

“Não é fácil levar um animal de estimação, quando você precisa sair com todos os seus pertences na guerra.”

ANÚNCIO

Conhecido por muitos como o “Homem Gato de Aleppo”, Aljaleel e sua equipe conseguiram se aproximar facilmente dos animais que já estavam acostumados com humanos. Eles utilizaram gaiolas com comida dentro para atrai-los.

ANÚNCIO

Alessandra disse: “É um trabalho complicado. Temos que esperar nas proximidades para abrir as portas da gaiola.”

83 gatos foram resgatados até o momento e foram levados ao santuário da Casa dos Gatos Ernesto, onde recebem comida 3 vezes ao dia, água fresca e muito cuidado.