ANÚNCIO

Quando Elijah Barkley saiu para uma viagem de pesca no início deste mês com alguns amigos e familiares na Virgínia Ocidental, EUA, ele jamais imaginou que acabaria salvando uma vida.

Mas isso foi exatamente o que ele fez.

ANÚNCIO

Enquanto viajava para o acampamento da família às margens do rio, Barkley foi abordado por um guarda florestal, que pediu à ele que procurasse por um urso jovem e solitário perdido na área.

O filhote era órfão, aparentemente tendo se perdido da mãe – e baseado em avistamentos recentes, estava se saindo muito mal vivendo por conta própria, tendo dificuldades para arranjar alimento e abrigo.

ANÚNCIO

Menos de uma hora após se encontrar com o guarda florestal, Barkley avistou o urso.

“Ele parecia estar completamente desgastado, cansado mesmo, pois quando chegamos perto, ele mal se mexia,” disse o rapaz. “Ele meio que só ficou lá, parado.”

ANÚNCIO

O guarda florestal ainda estava por perto, de modo que Barkley fez um sinal para que ele viesse à beira do rio, onde o filhote parecia estar à beira de um colapso.

Joel Rosenthal, guarda e especialista em ursos, gerencia um centro de reabilitação de animais selvagens chamado Point of View Farm. Ele estava tentando rastrear o filhote solitário a fim de levá-lo para suas instalações e cuidar dele.

Felizmente, Barkley encontrou o filhote no momento certo.

Antes que Rosenthal conseguisse sedá-lo, as patas do filhote cederam de fraqueza, e ele caiu no rio, mergulhando de cabeça na água, prestes a se afogar.

Barkley então entrou em ação, mergulhando no rio e resgatando o filhote, praticamente inconsciente. “Eu vi ele cair debaixo d’água, e foi aí que tomei a decisão instintiva de salvá-lo”, disse. “Minha mente estava pensando apenas em chegar àquele urso o mais rápido que pudesse – não pensei nos riscos.”

Ele atravessou as pedras escorregadias à beira do rio e pulou na água gelada – nadando em direção ao filhote antes que fosse tarde demais. “Eu o peguei rapidamente pela nuca e o arrastei para a praia.”

Após alguns minutos, o urso recobrou a consciência.

“Eu imediatamente o levei para [Rosenthal] para que ele pudesse checar sua saúde”, disse Barkley.

O urso, agora salvo, foi tranquilizado, envolto em toalhas e encaminhado para o abrigo.

“Eu nunca na minha vida pensei que algo assim pudesse ocorrer [comigo].”

O filhote tem recebido cuidados paliativos no abrigo de animal da Virgínia Ocidental.

Recuperando sua força sob os cuidados vigilantes de Rosenthal no centro de reabilitação – o filhote voltará à vida selvagem em plena saúde nos próximos meses.

“Ele é muito pequeno e está desnutrido, mas acreditamos que ele vai se sair bem”, disse Rosenthal ao portal The Dodo.

“Esperamos libertá-lo ainda neste verão.”

Você pode gostar: