A reação da gatinha Pumpkin ao visitar a praia pela primeira vez não pareceu das mais animadas em uma série de fotos compartilhadas nas redes sociais.

Isso porque nas fotografias ela aparece fazendo várias caras e bocas, como se estivesse odiando o passeio.

Pumpkin foi adotada em um abrigo quando era apenas uma filhote. Ela foi diagnosticada pouco depois com hipoplasia cerebelar, condição que afeta sua coordenação e percepção de profundidade no dia a dia. No então, isso não atrapalha suas aventuras.

“Dizemos que ela é desajeitada como um cachorrinho”, disse Tia (nome fictício pois a dona não quis revelar sua identidade), a mãe de Pumpkin, ao portal The Dodo. “Ela parece mais trotar do que correr, usa suas patas dianteiras para cima, uma de cada vez.”

Leia também: Cãozinho de rua entra em delegacia, conquista os policiais e acaba sendo adotado por eles

Pumpkin sempre amou estar ao ar livre e vive muitas aventuras com sua família. Ela tem feito caminhadas e caiaque e, um dia, sua mãe e irmã decidiram tentar levá-la à praia pela primeira vez.

Enquanto Pumpkin explorava a praia, correndo na areia, ela parecia estar realmente se divertindo – até que o vento começou a ficar mais forte. Foi quando sua família descobriu que a gata odeia sentir o vento batendo em seu rosto.

“Ela realmente amou a praia, mas logo descobrimos que ele não amava o vento”, disse Tia. “As caras que ela estava fazendo, nunca tínhamos visto nada parecido antes, então estávamos tirando fotos e fazendo vídeos.”

Definitivamente Pumpkin não curtiu a ventania.

Olha essas caras e bocas!

Apesar disso, a gatinha continua indo à praia regularmente. Ela ainda adora brincar e correr, mas o vento nunca será sua ‘praia’.