No início deste ano, uma ONG de resgate animal em Mladenovac, Sérvia, recebeu uma ligação à respeito de um cachorro que foi visto dormindo em um cano de esgoto próximo a uma estrada.

Na ligação, o denunciante afirmou que o cão só saía do cano quando avistava alguém passando, mas depois retornava para ele, provavelmente por conta do forte frio que faz na região nesta época do ano.

Voluntários da ONG foram até a região e revistaram todos os canos de drenagem da área, mas todos estavam cobertos de neve, exceto um, mais distante dali. Ao se aproximarem, avistaram pegadas e finalmente o cachorrinho –  bem, na verdade, uma cachorrinha

, que estava toda encolhida dentro do cano, com frio e, provavelmente, com medo de tanta gente se aglomerando ao mesmo tempo.

Leia também: Morador de rua gasta o pouco que ganha para alimentar seus gatinhos

Com calma, os socorristas ganharam a confiança dela, que saiu de dentro do cano e começou a abanar o rabo para eles. Gracinha, né? Nessa hora, ela já devia saber que seria ajudada e resgatada dali.

Foi aí que os voluntários ouviram gemidos de dentro do esgoto. Eles ficaram surpresos ao encontrar 3 filhotes recém-nascidos! A cadela era mamãe e estava tentando proteger sua ninhada da melhor maneira possível.

Todos foram acolhidos e levados para o abrigo da ONG de Mladenovac, onde receberam comida e aconchego. A cadela ganhou o nome de Hera, em referência à deusa grega que, dentre outras atribuições, é também a protetora dos filhos e da vida… Nada mais apropriado para a cachorrinha, né? ^^

Leia também: Esquilo recém-nascido e órfão decide seguir pit bull até casa e agora pensa que ele é sua mamãe

Seus filhotes serão adotados quando tiverem idade suficiente. Enquanto isso, eles ficarão sob responsabilidade do abrigo.

Hera e seus bebês passaram várias semanas cuidando de si mesmos em um cano frio e cheio de neve, mas agora eles têm comida e caminhas quentes para dormir e nunca mais irão precisar se preocupar em ficar sozinhos novamente.

Assista ao resgate no vídeo abaixo:

Matéria escrita por Gabriel Pietro em exclusividade para o Portal do Animal. Siga-me no Instagram clicando aqui.