Uma cadela da raça Chow Chow foi resgatada no último momento pelo motorista de uma linha férrea de Liverpool, na Inglaterra, após quase ser eletrocutada pelos trilhos dos vagões.

O caso aconteceu na véspera do Réveillon, isto é, na última quarta-feira (30).

Leia também: Ex-presidente do Uruguai pede para ser enterrado ao lado de sua amada cachorrinha falecida

“O animal tinha um cheiro forte de queimado e sangrava pela boca , além de ter machucado a perna (…) É milagroso que ainda esteja vivo”, disse a pessoa que resgatou a cadela chow chow.

Ela estava absolutamente aterrorizada no momento do resgate e não conseguia se mexer, mas agora passa bem.

Durante o resgate, o motorista do trem percebeu que a cachorrinha tinha algumas queimaduras em grande parte de seu pelo denso. Tudo parecia indicar que ela caiu por acidente nos trilhos, ficou presa e acabou sendo eletrocutada em baixa voltagem.

“O animal estava sangrando, além do fato de que, devido ao ferimento na perna, não conseguia andar e se sustentar”, disse Vicki McDonald, inspetora da organização pelos direitos dos animais RSPCA.

Além disso, Vicki explicou que, devido à pelagem espessa e típica de sua raça, na hora do resgate não se sabia ao certo se ela tinha mais lesões cutâneas. No entanto, as queimaduras não foram graves.

Sem nome e sem donos, a cachorrinha foi encaminhada para o abrigo da RSPCA e assim que estiver plenamente recuperada dos ferimentos, será disponibilizada para adoção.

Agora, ela está recebendo os devidos cuidados médicos em um veterinário, onde recebe muito amor e carinho.

Leia também: Família viaja com cadelinha com câncer terminal e dá pra ela seus melhores últimos dias de vida


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado