“Quanto mais conheço os humanos, mais adoro os cães”. Assim resume José Mujica (ou Pepe Mujica), o ex-presidente do Uruguai entre 2010 e 2015 sobre seu relacionamento com os seres humanos. Certamente, uma frase que muita gente se identifica.

Tal afirmação foi feita numa entrevista recente, em que o próprio Pepe anunciou na televisão internacional qual é o seu último desejo: ser enterrado ao lado de sua fiel e amada cachorrinha de estimação que faleceu há alguns anos.

O ex-presidente uruguaio, nascido em 1935, é internacionalmente conhecido por seu pensamento simples e carregado de humanismo.

Leia também: Com auxílio de drone, homem encontra cãozinho que ficou perdido em floresta por 10 dias

A cadela Manuela faleceu há dois anos, com incríveis 22 anos vividos, deixando um vazio na vida do político. Ela sempre esteve ao seu lado e era constantemente flagrada fazendo companhia à Pepe em entrevistas e comícios.

Manu morava com Pepe e Lucía em sua fazenda, na zona rural do Uruguai. Manuela estava sem uma das patas dianteiras, que perdeu em um acidente na fazenda da família. A pobre cachorrinha foi atropelada pelo trator que seu pai dirigia, o que foi uma grande dor para ela e para Mujica, que tanto a amava.

Apesar de já se terem se passado dois anos desde a perda, Mujica não se esquece daquela companheira que tanto lhe deu felicidade. Por isso confessou onde espera descansar quando sua passagem por este mundo chegar ao fim.

“No dia da minha morte pedi para ser cremado e posto as cinzas ali, debaixo daquela árvore, junto à Manuela […] Quanto mais conheço o ser humano, mais adoro os cães”, confessou o ex-presidente.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

 

Leia também: Voluntários resgatam bezerro recém-nascido que era maltratado e se encontrava em muito mau estado

Compartilhe o post com seus amigos! 😉