No início deste ano, uma mamãe gata e seu filhote foram deixados no abrigo da ONG ASPCA, em Los Angeles, na Califórnia (EUA).

Jan, uma das voluntárias da entidade, foi encarregada de acolher e prover um local para os dois passarem o primeiro dia juntos.

Leia também: Mamãe gata dá à luz apenas um filhote e se torna super protetora dele em abrigo

Mais tarde, a mamãe gata de 1 ano ganhou o nome de ‘Robin’. Carinhosa, atenciosa e pacífica que só ela, a felina logo conquistou a admiração dos voluntários da ASPCA.

“O filhote, que batizamos de Sparrow, tem quatro semanas de vida. É muito raro uma mãe dar à luz apenas um gatinho (ninhada solo) mas não temos certeza se Sparrow teve irmãos e o que aconteceu com eles”, disse Jan.

Robin é super protetora com o seu pequeno, e só deixa ele andar pelas dependências do abrigo quando Jen está por perto. Dá pra entender ela: Sparrow é seu único filhote.

A maternidade é uma tarefa árdua e cansativa, mas a gatinha tem dado conta do recado. “Robin e Sparrow se dão muito bem. Seria ótimo se pudessem ser adotadas em conjunto”, confidenciou a voluntária.

Os gatinhos estão muito felizes e em excelentes condições, prontos para encontrar um lar adotivo muito em breve e desfrutar de sua nova família. É apenas uma questão de tempo para ambos serem acolhidos definitivamente. A ONG ASPCA espera que isso aconteça até o fim deste ano.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Matéria escrita por Gabriel Pietro em exclusividade para o Portal do Animal. Siga-me no Instagram clicando aqui.