Homem desfaz seu próprio chão para salvar gatinha momentos antes de ela se afogar

Na semana passada, fortes chuvas causaram inundações generalizadas no sul do Texas, inundando inúmeras casas e deixando dezenas de famílias deslocadas.

Vannah Vercetti e seu marido estiveram entre os que foram afetados, mas infelizmente, alguns dos danos na sua propriedade foram causados por suas próprias mãos – tudo, por uma boa razão.

Os Vercettis vivem em Weslaco, Texas, uma das áreas atingidas pelas enchentes. Quando as águas começaram a se elevar à sua volta na quarta-feira passada, a família fez de tudo para levar seus gatos para dentro de casa em segurança. No entanto, uma gatinha, chamada Blanca, pensou que já tinha encontrado um bom lugar para enfrentar a tempestade.

Estava completamente errada.

“Blanca decidiu se abrigar da chuva se escondendo debaixo da casa”, disse Vercetti. “Começamos por ouvir miados vindos de debaixo do chão do nosso quarto.”

Com as águas da inundação continuando a subir debaixo da casa, Blanca ficou completamente presa.

“Eu corri para a rua à chuva e fui pela parte de fora da casa para tentar tirá-la, mas não consegui. Ao pensar que ia perder meu gato, fui para dentro chorando e me sentindo sem esperança”, disse Vercetti. “Eu conseguia ouvir os choros devastadores de Blanca. Era insuportável.”

Foi então que o marido de Vercetti elaborou um plano para salvar o gato. Usando um martelo, ele começou a bater freneticamente no chão perto do local de onde os gritos de Blanca vinham.

E a apenas alguns segundos da água alcançar fatalmente Blanca, o marido conseguiu salvá-la. Abaixo poderá ver o vídeo desse momento notável:

A gata estava encharcada, mas aparentemente sem qualquer ferimento. Ela foi resgatada mesmo a tempo.

“Fiquei tão aliviada. De um momento para o outro passei de chorar lágrimas de dor, para chorar lágrimas de alegria”, disse Vercetti. “A água estava a centímetros de distância do chão. Ela tinha uma pequena bolsa de ar que a manteve viva o tempo suficiente para chegarmos até ela.”

Blanca, que foi resgatada das ruas pelos Vercettis, nunca foi abertamente carinhosa para com eles – isto é, até que eles a ajudaram a sair da maior provação da sua vida.

“Eu e ela não éramos muito chegadas”, disse Vercetti. “Mas agora, ela me segue para todo o lado. Acho que é porque ela sabe que a salvamos. Ela sabe que a amamos.”

As águas da inundação, desde então, recuaram, embora os danos permaneçam. (Você pode ajudar a cobrir os custos das reparações indo nesta página do GoFundMe.) Ainda assim, para Vercetti, tudo valeu a pena:

“Um buraco no chão é muito melhor do que um buraco no meu coração”, disse ela. “Eu amo muito os meus gatos.”


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado