Há cerca de um mês, um forte terremoto de magnitude 6,6 na escala Ritcher pegou a população grega e turca de surpresa, deixando um rastro de destruição por onde passou: milhares de pessoas ficaram desabrigadas, centenas de edifícios vieram abaixo e pelo menos 85 óbitos foram confirmados.

De acordo com o portal Hurriyet Daily News, a ilha grega de Samos e o oeste da Turquia foram as regiões mais atingidas pelo fenômeno natural.

Leia também: Pit bull diagnosticado com câncer na tireoide recebe o apoio e amor incondicional de sua dona

Cerca de 48h depois da tragédia, equipes de resgate voluntárias e governamentais ainda procuravam por sobreviventes entre os escombros. Um deles chamou atenção da mídia: um gatinho que ficou enterrado vivo por mais de 30 horas!

Segundo a Associação de Busca e Resgate da Turquia, o felino foi encontrado graças ao trabalho irretocável de Bob, um cão farejador  da província de Izmir, especializado no resgate de pessoas (e animais) soterrados que tem sido fundamental no auxílio aos bombeiros.

O gatinho foi devidamente socorrido sem se machucar ainda mais e encaminhado a um hospital veterinário, onde passa bem.

Graças ao trabalho bem-feito dos bombeiros e voluntários, o animal foi entregue à sua família dias depois. Mais tarde, descobriu-se que seu nome é ‘Umut’, que em turco significa ‘Esperança’. Um nome perfeito para a ocasião!

Na mesma semana, Bob encontrou um idoso de 70 anos ainda com vida entre os escombros de um prédio desabado. De acordo com testemunhas, ele ficou 33 horas no subsolo, mas sofreu apenas ferimentos leves e passa bem.

Leia também: Cão acorrentado que aguardava ser eutanasiado na China é encontrado por jovem que o resgata

Compartilhe o post com seus amigos! 😉