A gatinha Grace, resgatada de um abrigo há cinco anos, é totalmente independente, embora ela adore a sua família, não vive se aconchegando em qualquer um, por isso ‘mantém uma certa distância’,

“Grace é uma gata muito amigável, mas ela gosta de ficar no seu próprio canto”, disse Jeannie Seiler-Laderer, mãe de Grace. “Ela tem o seu próprio jeito de se aconchegar.”

Um novo membro da família estava a caminho, pois Seiler-Laderer engravidou e começou a se preparar para receber o bebê e se perguntava como os seus gatos reagiriam a esse novo integrante, principalmente a independente gatinha Grace.

“Sempre brincamos que, quando Jensen nascer, Grace seria a única gata dentre as três que menos se interessaria”, disse Seiler-Laderer.

Devido ao seu histórico de preferir o seu próprio cantinho, parecia que esse seria o comportamento, pois Grace praticamente ignorou o novo membro da casa desde que ele chegou em casa pela primeira vez, e nem fazia muita questão de entender o que Jensen representava, mas como num estalo, tudo mudou.

“Levou seis longas semanas para Grace perceber que o bebê é uma nova pessoa e ela começou a percebê-lo de forma diferente”, disse Seiler-Laderer. “Agora a Grade o segue em TODA PARTE DA CASA.”

De total ignorado, Jensen passou a ser o protegido da gatinha Grace, pois o seu irmão bebê se tornou o seu preferido dentre todos os membros da família e onde ele vai, lá está a Grace bem atrás, surpreendendo os seus pais que ficaram sem entender como ela mudou radicalmente o seu comportamento.

“Quando vamos sair, ela bloqueia a porta, então temos que tentar segurá-la para que ela não tente vir conosco”, disse Seiler-Laderer. “Quando chegamos em casa agora, ela é a primeira em nos receber na porta e antes ela sequer se importava. Durante todos os períodos de soneca de Jensen, ela quer ficar enrolada ao lado dele, principalmente durante os cochilos à noite”.

É nítido que antes de Jensen chegar, Grace definitivamente não era a melhor amiga, e ainda continua não sendo com os outros membros da família, exceto pelo Jensen, que agora é o seu favorito.

Gr ace aproveita todas as oportunidades que tem para se aconchegar ao lado seu irmão Jensen.

Leia também: Cachorro salva vida de menina prestes a cair em lago na Índia

… ou até mesmo em cima dele…

… e Jensen parece gostar muito da companhia da gatinha.

“Eles se abraçam durante quase todas as sonecas dele, e ela também está tentando entrar no berço de manhã para também se aconchegar com ele, mas por razões de segurança, precisamos mantê-la fora”, disse Seiler-Laderer.

Depois de tantas evidências da mudança do comportamento da gatinha, ficou bem claro que Grace e Jensen estão destinados a serem os melhores amigos por muito tempo, os seus pais jamais imaginariam que a gata ficaria tão obcecada com o novo bebê.

Leia também: Homem arrisca a própria vida para salvar cão preso em rio congelado

“Ficamos tão surpresos com o amor dela pelo Jensen, porque por muito tempo, nunca pensamos que ela poderia ter uma pessoa favorita”, disse Seiler-Laderer. “Quando ela estava entediada ou sozinha, ela procurava uma pessoa qualquer para se aconchegar, mas ninguém especificamente, agora sim, ela sempre procura Jensen”.

 


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!