Aprenda a fazer gato e cachorro socializarem em casa

Cães e gatos são os melhores amigos do homem, mas nem sempre, como bem sabemos, os nossos dois pets mais queridos se dão bem. É clássica a rixa entre os bichanos, mas isso, não necessariamente, é obrigado a acontecer como regra. São muitos os casos em que os dois bichinhos são amigos, e podemos te mostrar como conseguir isso.

ANÚNCIO

Os dois podem muito bem serem amigos e viverem sem incomodar um ao outro, mas é preciso um pouco de empenho do dono em relação a isso, afinal, são animais de espécies diferentes, e é normal que eles acabem se estranhando um pouco no início. Se você quer aprender a fazer gatos e cachorros se darem bem dentro de casa, confira alguns truques para conseguir isso.

Aprenda a fazer gato e cachorro socializarem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Confira os seguintes tópicos sobre o assunto em nosso texto:

  • Adote eles quando ainda forem filhotes;
  • Recompense eles pelos momentos de paz com o colega;
  • Nada de compartilhar a mesma cama e outros objetos;
  • Promova a aproximação cuidadosa entre os dois animais;
  • Faça brincadeiras envolvendo os dois animais ao mesmo tempo.

Adote eles quando ainda forem filhotes

A maneira mais simples de conseguir fazer com que cães e gatos se tornem amigos é adotando eles quando eles ainda são filhotes. Ao chegarem em um novo ambiente, nenhum dos dois conhece o espaço ainda, logo, não tentarão disputar pelo território, afinal, não entenderam que aquela agora é sua casa.

ANÚNCIO
Aprenda a fazer gato e cachorro socializarem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Além disso, por serem ainda filhotes, eles vão estar mais concentrados em brincar e receber carinho de todos os que estiverem ali, não ligando muito para os atritos que podem acontecer. Com o tempo, a presença do animal diferente vai acabar fazendo parte do cotidiano de ambos.

Enxergando o outro como um companheiro, logo eles estarão amigos e vão começar a se divertir juntos. Isso não costuma demorar muito, e, caso dê certo, você poderá presenciar a brincadeira de dois filhotes fofinhos durante quase todo o dia em sua casa.

Melhores sites para adotar um animal de estimação

A adoção de filhotes é o melhor caminho para fazer seus gatos e cachorros se tornarem amigos, e hoje, graças à tecnologia, isso se tornou muito mais simples. Já existem sites especializados em disponibilizar animais para adoção, ajudando os animaizinhos a encontrarem um lar.

ANÚNCIO

A maioria dos sites só exige um breve cadastro de quem pretende adotar os animais, e não leva mais do que alguns minutos para ser efetuado. Confira agora quais são os melhores sites para adoção de pets disponíveis no momento:

Recompense eles pelos momentos de paz com o colega

Por mais que você se esforce, é impossível fazer com que os dois pets se deem bem durante todo o tempo, afinal, nem mesmo os animais da mesma espécie fazem isso. Os momentos de conflito, por mais que pequenos, vão existir, e cabe a você lidar com eles da melhor maneira possível.

Aprenda a fazer gato e cachorro socializarem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Uma boa maneira de se fazer isso é dando uma pequena recompensa quando ambos se acalmarem e pararem de brigar. Depois da confusão, dê um biscoitinho e coloque um patê gostoso na ração, pois dessa forma, eles vão ligar a comida gostosa aos momentos de calmaria.

Quando perceberem isso, os momentos de calmaria vão se tornar mais frequentes, já que não existe nada nesse mundo que os animais gostam mais do que comida gostosa. O comportamento mais brando vai acabar se tornando rotina, e quando você menos perceber, os dois vão se tornar amigos que não tem problema um com o outro.

Nada de compartilhar a mesma cama e outros objetos

Muitos donos de animais acabam cometendo o erro de utilizar os mesmos objetos para cuidar de ambos, deixando os cachorros e gatos dividirem a mesma cama e comerem e beberem água nos mesmos recipientes. No entanto, isso é um erro tremendo, e só deve causar conflitos.

Aprenda a fazer gato e cachorro socializarem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Por mais que um possa se acostumar com a presença do outro por ali, o ideal é que eles tenham locais diferentes para se alimentarem, além de uma cama para cada, e uma área para que cada um faça suas necessidades sem ser importunado pela presença do outro no local.

Deixar eles fazerem tudo utilizando as mesmas coisas pode acabar causando transtorno na relação de ambos, e isso acaba criando um conflito difícil de ser contornado após ele começar. O ideal é dar a cada um deles o espaço que eles merecem, pois, caso contrário, as unhadas e mordidas vão rolar soltos em sua casa.

Se já tem um animal, respeite o espaço dele

Se já tem um dos animais, e está pensando em adotar o outro, saiba que é importante respeitar o espaço do pet que você já tem, e, mesmo nesses casos, também é importante comprar novos objetos para ele, afinal, ele não vai gostar nenhum pouco de dividir algo que era apenas dele.

Caso seu pet sinta que o novo membro da família está importunando ele em questões básicas, ele não vai relutar em atacar seu companheiro, por mais que o outro não faça isso por maldade. Muito cuidado e trabalhe bem a relação entre seus dois bichinhos, a fim de evitar tais conflitos.

Promova a aproximação cuidadosa entre os dois animais

Essa é uma dica para os que já tem um cachorro ou gato em casa, e vai acabar recebendo um novo membro no grupo. Essa situação é sempre muito tensa, afinal, o animal que já estava em casa, vai sentir que seu espaço está sendo invadido pelo novato, e isso pode acabar causando alguns acidentes que é melhor se evitar.

Aprenda a fazer gato e cachorro socializarem em casa
Foto: (reprodução/internet)

A melhor maneira de contornar isso tudo é mantendo os dois, por pelo menos 2 dias, em cômodos diferentes da sua casa, fazendo com que eles se familiarizem com o cheiro um do outro. Dessa forma, eles podem se acostumar com a ideia de que terão que dividir o espaço com o outro a partir dali.

Após o período desses dias passar, o mais recomendado é que promova o contato entre os dois, mas sempre com muita prudência. O mais indicado é que se coloque o cachorro em uma coleira, para controlar seus impulsos, além de fechar o ambiente para o gato não fugir. Estranhamentos irão acontecer, mas isso irá fazer com que se acostumem.

Tenha paciência nessa abordagem, nada é impossível

No começo, é comum que ambos se estranhem, e no primeiro contato direto entre eles, o cachorro pode acabar latindo e assustando o gato, assim como o bichano pode mostrar os dentes e ficar ouriçado para o cão. Isso é normal de acontecer, e só demonstra que os dois ainda estão na defensiva.

No entanto, esse tipo de comportamento pode ser contornado apenas promovendo interação entre ambos. Conforme eles forem ficando no mesmo ambiente, vão acabar percebendo que não apresentam ameaça um para o outro, e que podem sim conviver em harmonia, sem um incomodar ao outro.

Faça brincadeiras envolvendo os dois animais ao mesmo tempo

Outra maneira de fazer com que os animais acabem se acostumando com a presença um do outro é promovendo brincadeiras entre os dois. Claro que isso deve ser feito com prudência, e utilizando os objetos que cada um deles gosta mais, para evitar com que uma acabe abocanhando o outro.

Aprenda a fazer gato e cachorro socializarem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Jogar uma bolinha de borracha para um cachorro, e uma de papel para o gato (ou uma sacola, eles adoram), são algumas das formas de fazer com que seus pets se divirtam de maneira descontraída, estando no mesmo ambiente. Ao jogar uma para cada, eles conseguem relaxar mesmo estando na presença do outro.

Para fazer com que eles brinquem juntos, você pode amarrar um objeto em um barbante e pendurar ele enquanto passa de um para o outro. Quando menos perceberem, os dois estarão brincando juntos, sem conflitos, e podem começar a perceber que a presença do outro naquele espaço não representa uma ameaça.

Os pets não são inimigos naturais

Apesar de muita gente pregar o contrário, cachorros e gatos não são inimigos naturais. Os animais podem conviver normalmente, e não tem “no instinto”, como alguns insistem em repetir, a necessidade de machucar o outro ou ver o outro como inimigo. Isso não existe, é apenas uma provocação desnecessária.

Os dois podem ser bem amigáveis um com o outro, basta promover a interação entre eles com muita paciência e respeitando o espaço de cada um dos seus bichos. Nós já lhe ensinamos algumas dicas para isso, basta colocar elas em prática para que seus pets fiquem mais tranquilos um com o outro.

Cachorros e gatos são diferentes, respeite isso

Muitas pessoas acham que o comportamento de todos os animais devem ser diferentes, mas isso não é verdade. Cachorros e gatos são diferentes, e é necessário respeitar isso para promover uma interação mais tranquila entre eles, pois cada um deles vai se comportar de forma diferente.

Muitos acusam os gatos de serem muito frios, ou os cachorros de serem muito atrapalhados e bagunceiros, mas a verdade é que a criação deles é o que influencia de verdade no que eles são. Dê amor para os seus bichanos que eles irão te recompensar da mesma forma, cada um a sua própria maneira.

ANÚNCIO