Descubra quais são os animais mais raros do mundo – Alguns estão ameaçados de extinção

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Você até pode achar que já viu animais raros por aí, mas dificilmente isso vai ter acontecido a olho nu. É possível ver em fotografias e imagens da internet porque eles são únicos mesmo. Ainda que sejam rinocerontes, ursos e crocodilos, são de espécies raras.

ANÚNCIO

E a verdade é que tem sido cada vez mais difícil criar essa lista porque alguns estão bem perto de não existirem mais. Além disso, outros possuem comunidades bem pequenas e tem aqueles que vivem em zonas que são pouco exploradas pelo homem. Curioso, né?

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

Rinoceronte de Sumatra 

A gente vai começar com um animal que é muito conhecido, apesar de ser raríssimo. Isso porque a caça ilegal fez com que a espécie fosse diminuída em dezenas. Estima-se que não se tenha mais do que 30 rinocerontes como esse no mundo.

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

O que ainda resistem as caças ilegais vivem na Indonésia e na Malásia. O curioso é que apesar dessa drástica diminuição, o fato aconteceu em pouco tempo. Estudiosos avaliam que em 3 décadas, a população se dizimou em mais de 80%.

ANÚNCIO

Outra espécie de rinoceronte em extinção é o de Java. Acredita-se que só existam 100 deles. Ele também vive na Indonésia e era muito comum de ser visto no século passado. Agora, mesmo quem vive na ilha de Java diz que não reconhece mais o animal. 

Urso de Gobi

Outro animal que nos parece ser familiar, mas não é. O Urso de Gobi é uma subespécie do urso pardo que existe no deserto de Gobi, que fica na Mongólia. Há menos do que 4 dezenas deles na natureza. E ninguém sabe ao certo como eles sobrevivem com pouca precipitação. 

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

Com a mineração local que devastou pastagens, o Urso perdeu o habitat natural. Alguns conservadores se esforçaram para mudar o quadro, só que ano após ano, o número de indivíduos vem caindo. Existe uma pequena população remanescente hoje. 

ANÚNCIO

Lobo Vermelho

Nativo da América do Norte, o Lobo Vermelho foi quase extinto durante a década de 1980. Isso porque o seu habitat natural foi totalmente destruído. Ainda que sobrevive, hoje é um animal criticamente ameaçado de extinção. 

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

A grande maioria deles estão em cativeiros e a população total não passa dos 200. O animal de grande porte chega a pesar 40 quilos. Diferente de outros lobos, tem as orelhas bem grandes e uma coloração que vai dos tons canela até o marrom-avermelhado.

Crocodilo Filipino

Ele vive em regiões úmidas das ilhas Filipinas e daí vem o seu nome. Tem um comprimento que pode passar dos 3 metros. No entanto, em quantidades, só tem 100 indivíduos ou um pouco mais, acreditam os estudiosos da ciência da natureza.

ANÚNCIO
Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

Eles se alimentam de peixes, crustáceos, porcos, cães e aves marinhas. O seu estado de extinção é considerado bem crítico, ou seja, perto do que é considerado totalmente extinto. Tudo porque os rios vêm sendo devastados aos poucos naquela região. 

Porco Pigmeu

Esse porco é nativo da Índia e com um tamanho menor do que os outros porcos mais conhecidos, essa espécie está em estado crítico de extinção. Assim, acredita-se que não existam mais do que 250 deles por aí, vivos na natureza. 

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

A principal ameaça vem do fato de que o habitat está sendo degradado e é um animal pouco flexível a isso. Se você nunca ouviu falar dele, saiba que é considerado o menor porco do mundo e alguns têm sido criados em cativeiros. Os filhotes chegam a caber em bolsos de roupas.

Addax

Acredita-se que só existam 500 animais como esse no mundo. Aliás, no Norte da África. É uma espécie de antílope que está ameaçada de extinção e vive no deserto africano. Alguns zoológicos da Europa já chegaram a ter Addax, só que hoje é bem raro de encontrar. 

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

O Addax é um tipo de animal herbívoro, que come plantas e vive habitualmente a noite. Ou seja, além de ser raro de ser visto porque são poucos, ele também tem hábitos que não são semelhantes com os dos humanos. É comum que andem em bandos, liderados pela fêmea.

Siola

Ainda mais raro do que o Addax, o Siola ficou conhecido no mundo por ter ganhado o apelido de “unicórnio asiático”. O motivo é que vive em países como Vietnã e Laos. Sim, se parece com um unicórnio por ter aquele pequeno chifre em formato de cone na cabeça.

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

O curioso é que ele tem muita proximidade com o boi, apesar da aparência idêntica ao do veado. O animal foi descoberto em 1992 no Vietnã e acredita-se que não existam indivíduos em cativeiro, apenas na natureza. Por isso, é bem raro ver um deles.

Veado branco de Seneca

Como deu para notar, esses animais que se aproxima de veados e cervos estão sendo cada vez mais raros no mundo. O Veado de Seneca é um exemplo. O que se tem é um pequeno rebanho de apenas 300 deles que vive em Nova York.

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

O rebanho tem pelagem branca, que foi resultado de genes recessivos passados por gerações. O problema é que são presas fáceis para os coiotes que vivem naquela região. Isso faz com que eles tenham vida curta, exceto quando são preservados por propriedades privadas.

Sapo Roxo

Ninguém e nenhum órgão tem informações precisas sobre o Sapo Roxo, o que se sabe é que ele é difícil de ser encontrado, mesmo na Índia, o seu habitat natural. Curiosamente, é uma das descobertas mais recentes da ciência, sendo que isso aconteceu em 2003. 

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

Chamado de “fóssil vivo”, o desenvolvimento dele deve ter acontecido durante 100 anos. E é bem raro encontrar eles porque vivem em locais subterrâneos e emergem apenas em dias de reprodução. Com o desmatamento, a espécie tem sido descoberta aos poucos e já está no grupo de extinção.

Polvo Roxo

E mantendo a ideia da cor roxa, vale a pena a gente trazer aqui o Polvo Roxo. Ele é muito raro e muito curioso também, já que se parece com um brinquedo. Tem os olhos grandes e uma cor para lá de autêntica, assim como o sapo acima.

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

Ele foi encontrado em 2010 na costa canadense há mais de 900 metros de profundidade. Ninguém sabe ao certo o número da população dele. Mas, o que todos querem saber é como fazem para ficar por tanto tempo em águas tão profundas. 

Peixe Lua

Ele está na lista de ameaçados de extinção, mas em casos menos graves do que vimos acima. É uma espécie de peixe ósseo que se difere dos demais pela sua morfologia. Inclusive, ele é considerado um dos peixes mais pesados do mundo.

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

O que pouca gente sabe é que tem a mesma toxina dos baiacus, podendo afetar e matar todos ao seu redor. Recentemente, pesquisadores descobriram que ele é um nadador ativo e não um organismo que vaga pelo oceano. Ele é consumido em países asiático. 

Foca Monge do Havaí

Mais um animal aquático nessa lista de raridades e extinções vem dessa foca. Ela vive no arquipélago havaiano e sofre com a poluição dos mares. Além disso, tem outros predadores, como os caçadores ilegais e o comércio ilegal, também. 

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

Atualmente, não devem haver mais do que 500 delas no mundo. O animal deve ter mais do que 15 milhões de anos, conforme estudiosos. No entanto, no último século, tem sofrido demais com as caças. Elas se alimentam de peixes, lagostas e moluscos. 

Diabo da Tasmânia

O nome dele é diferente e isso é interessante por si só. E a espécie também. Muito rara. Inclusive, entrou para a lista de extinção e na categoria que mais merece atenção. Estamos diante de um marsupial que é nativo da Tasmânia, que fica na Austrália. 

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

Conforme pesquisas e notícias, os principais fatores que causaram a diminuição populacional deles a gente tem a caça ilegal, além da destruição do habitat natural. Apesar de raro, ele tem sido citado em filmes e desenhos por ser bastante engraçadinho.

Lobo da Tasmânia

Continuando a falar da Tasmânia, aqui a gente tem um fato curioso e intrigante. Porque talvez esse seja o animal mais raro da lista. Para muitos ele já é considerado extinto. No entanto, no início do ano o Laboratório da Universidade de Melbourne reacendeu uma chama.

Descubra quais são os animais mais raros do mundo - Alguns estão ameaçados de extinção
Foto: (reprodução/internet)

Isso porque recebeu investimentos para trazer de volta a espécie. Como? Através do estudo do genoma do Lobo. Assim, será possível criar células para criar um embrião, que será levado para o útero de um hospedeiro. Será possível? É o que muita gente está esperando para descobrir.

Os animais já extintos da natureza

Conforme as listas atualizadas pelos órgãos ambientais, a Alca Gigante foi extinta no século 19. A Codorna da Nova Zelândia, também. E a causa, nesse caso, foi o desequilíbrio ecológico provocado pela inclusão de predadores em seu habitat. 

O Leão do Cabo teve fim no mesmo século. Ele vivia na África do Sul e teve como principal predador a caça ilegal, o que é comum naquele continente. Era o maior leão africano que existia. O Pika Sarda é um tipo de lebre que não existe mais também.