ANÚNCIO

Para qualquer animal, viver em situação de rua é árduo e também muito solitário. Eles estão sujeitos ao frio, à fome, à violência indiscriminada e a constantes situações de injustiça.

De fato, tanto a dor física quanto a emocional deixa marcas profundas que demorarão muito tempo para se cicatrizarem, mesmo após a adoção. A cachorrinha desta história sabe muito como é isso.

ANÚNCIO

Ela foi encontrada no chão, anêmica e desnutrida, sem conseguir sequer ficar de pé. Levada a um centro de animais, descobriu-se que o quadro de desnutrição dela era tamanho que ela poderia morrer a qualquer momento.

Além da fraqueza e do sub-peso, descobriu-se também que ela havia adquirido um problema no pescoço que se estendeu ao cérebro, provavelmente por conta dos vários dias em que ficou submetida à mesma posição.

ANÚNCIO

Entretanto, a pergunta que ficou no ar era: esse distúrbio era de nascença ou foi causado após alguma agressão física/atropelamento? Os veterinários não tinham como ter certeza…

Leia Também: Pit bull dócil que nunca revidou em rinha de cães é adotada por família tão amável quanto ela

ANÚNCIO

Apesar de tudo, ninguém estava pensando em desistir dela, pelo contrário, ela recebeu um tratamento completo dos veterinários que se apaixonaram por ela. Teve direito a fluidos intravenosos para combater a desidratação – e antibióticos com plasma para as plaquetas baixas.

O processo ainda não acabou, mas a cadelinha já está apresentando sinais de recuperação. Não vai ser fácil, e ela ainda tem um longo caminho pela frente, mas todos estão confiantes de que ela se recuperará completamente!😁

Clique no vídeo abaixo, para ver como foi o resgate da cachorrinha:

Leia Também: Família resgata raposa bebê que havia seguido e confundido com sua mamãe a cadelinha deles


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Você pode gostar: