A ativista e fazendeira norte-americana Cheryl Stephen resgata animais feridos e órfãos para terem uma vida plena e com muito amor.

Em sua propriedade, em Ohio (EUA), a fazendeira cuida de Sarge, um carinhoso que foge de qualquer esteriótipo.

Ao contrário do que supostamente sua raça prediz, ele não é apenas um cão de guarda leal, mas muito mais do que isso, ele é a melhor ‘babá’ que sua mãe poderia pedir!

Sarge é bastante carinhoso e protetor com todos os filhotes feridos e abandonados que sua dona traz para a fazenda, desde filhotes de cervos à cães abandonados.

“Vivemos em uma pequena fazenda em Ohio, mas os animais aqui não são criados para servir de alimento aos humanos. Eles são criados para serem amados e queridos, como todos os animais deveriam ser”, explicou Cheryl. “Há anos eu trago animais abandonados e feridos para a fazenda e até meus filhos gostam deles.”

“Trouxemos o Sarge para casa há nove anos. Ele é o único cão de raça pura que já tivemos. O resto são raças misturadas ou “vira-latas”, que eu acho que são os melhores cães!”disse a mulher. “A maioria foi abandonada ou alguém nos deu porque não aguentava mais. Eles são todos maravilhosos e todo mundo se dá bem.”

Leia Também: Cão idoso com deficiência supera problema na coluna e é adotado por família amorosa

Ele nem sempre foi assim

Assim como muitas pessoas, Sarge teve uma infância e adolescência rebelde. “Ele era um filhote ranzinza que adora morder os dedos do meu pé e perseguir as crianças pela casa como se fosse um cão de polícia”, explicou Cheryl.

O ponto que marcou a mudança do cachorro foi quando um amigo da família encontrou uma filhote de cervo deitada no meio da estrada. Ele a levou para a fazenda da mulher e foi aí que as coisas deram uma virada de 180º.

A partir do momento que a jovem chegou a fazenda, Sarge instantaneamente se transformou em sua babá e guarda pessoal.

A estrela da fazenda

O mais interessante é que a estrela de seu perfil no Instagram

não é Sarge, mas sim Bucky, uma vaca que a ativista resgatou quando tinha apenas uma semana de idade.

“Ela estava a caminho de um leilão quando a vimos em uma picape. O fazendeiro foi gentil o suficiente para me deixar comprá-la, em vez de levá-lo à venda de gado, onde ele teria sido vendido como carne de vitela”, explicou Cheryl.

“Foi uma decisão impulsiva comprar uma vaca, mas nunca me arrependi”, disse a mulher. “Ela tem mais de 1 tonelada agora e ainda gosta de entrar na casa para nos fazer companhia”, explicou ela.

Além disso, diversas pessoas pediram para conhecer Bucky pessoalmente. “Eles sempre se surpreendem com o tamanho dela”, concluiu a mulher.

Leia Também: Homem salva cadelinha com doença terminal e lhe dá os melhores últimos anos de sua vida

Veja o vídeo de Sarge dando uma de guarda/babá:


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!