No final de agosto, Titan foi adotado por sua nova família no Refúgio Animal Furry Friends, em Iowa (EUA). Seus pais tem se divertido muito em conhecê-lo nos últimos meses e descobriram que ele é o cão mais amigável e teimoso que a família já teve.

“Ele gosta de dizer olá a todos quando saímos para passear”, afirma Natalie Bretey, a mãe de Titan. “Todo mundo é seu amigo. Embora ame ser um menino grande e amigável, ele também é teimoso. Ele frequentemente para em caminhadas até que percamos o caminho que ele decidiu, ou para parar e observar carros e pessoas passando. Sabíamos que ele era amoroso e amigável, mas não tínhamos ideia de como ele era teimoso.”

Leia também: Homem salva filhote de pit bull que era utilizado como ‘isca’ de rinha de cães ilegal nos EUA

Titan tem 7 anos e alguns problemas de saúde, incluindo úlceras de ouvido crônicas, displasia leve de quadril e alergias. Tudo isso, exceto a displasia está em tratamento e deve ser resolvido em breve, mas o quadro de displasia não é tão simples de arrumar a curto prazo. Assim, Natalie e seu marido ficaram preocupados, porque há uma escada de acesso ao segundo andar em sua casa.

“Percebemos que ele não era fã de escadas logo no primeiro dia”, disse a dona. “Voltamos para o apartamento do meu namorado e rapidamente percebemos que Titan não tinha intenção d e subir as escadas. Começamos a entrar em pânico; era por causa de sua displasia de quadril?!”

Os pais de Titan estavam preocupados que sua aversão a escadas pudesse ser porque ele estava com dor – mas rapidamente perceberam que era só porque ele não tinha vontade de subir mesmo…

Agora, toda vez que o cão encontra as escadas, ele tenta convencer seus pais a carregá-lo por elas. Por pura preguiça, gente! Às vezes ele até finge mancar, mas assim que seus pais chegam ao topo da escada e o colocam no chão novamente, o ‘manco’ desaparece magicamente e ele corre pelo corredor como o cachorro mais atlético do mundo.

“Titan usa seu truque de mancar pelo menos uma vez por semana”, afirma Natalie. “[…] Ele é um grande ator!”.

Em suma, a displasia do cachorrinho nada tem a ver com seu ódio por escadas… Ele só não foi com a cara delas mesmo.

Desde que foi adotado, Titan tem aprendido a conviver com sua família. Seus pais adoraram vê-lo sair de sua concha e explorar o mundo ao seu redor. Eles querem dar a ele a melhor vida possível e estão mais do que dispostos a tolerar um pouco de teimosia ao longo do caminho.

“Tentamos não pensar em todas as coisas pelas quais ele passou, mas nos divertimos vendo-o aprender a andar de carro, fazer caminhadas e interagir com todos”, disse Natalie. “Seu grande coração fez cada momento difícil valer a pena.”

Leia também: Cadela ‘chora’ ao descobrir que seu dono está indo embora de casa e vai deixá-la para trás

Compartilhe o post com seus amigos! 😉