Há cerca de dois anos, Diego Sardanha, de Salete (SC), decidiu deixar a casa de seus pais para se tornar independente. Lá, ele tinha a cadelinha Susi, sua fiel companheira desde que ele tinha 14 anos de idade – hoje Diego é um adulto.

A cadela foi resgatada das ruas, onde vivia em situação de extrema vulnerabilidade.

Dias antes de ir embora, Diego gravou um vídeo que mostra Susi aparentemente chorando. Nesse meio-tempo, ele conta, a cachorrinha não saía de perto dele de jeito nenhum, talvez por saber que seu grande amigo estava indo embora.

“Hoje quem chora sou eu, ela se foi, a dor da perda é imensa. Para sempre em minhas memórias, Susi ❤️”, escreveu Diego em um post nas redes sociais, lamentando a morte da cachorra.

Leia também: Esses filhotes de gambás resgatados vão provar para você o quanto podem ser adoráveis

Internautas se compadeceram pela história do catarinense, deixando comentários tocantes também. “Força, ela tá descansando ❤️ minha pitoquinha quando minha mãe faleceu teve que ficar uns dias na casa da minha cunhada, quando a gente se reencontrou,vi nos olhos dela o que era o amor ♥️”, disse uma usuária

“Meus sentimentos, eles são tão especiais que deveriam viver muito mais tempo. Perdi também a minha com 9 aninhos a 2 meses atrás sei bem a dor que você está sentindo. Forças.💔”, comentou outro.

“A dor da perda é inexplicável 😔😔 perdi dois dos meus em menos de dois meses, eu não supero, e tenho impressão que nunca vou superar, meus sentimentos 😢”, disse outra.

Leia também: Câmera escondida flagra cervos se esbaldando em piscina de lama: ‘Se divertiram bastante’

Compartilhe o post com seus amigos! 😉