ANÚNCIO

É lamentável que algumas pessoas se preocupem mais em lucrar do que com o bem-estar de seu animal de estimação. É incrível como eles estão mais interessados em seu próprio benefício do que na manifestação de amor por um animal. Essas pessoas não têm coração, claramente!

Por um lado, vemos pessoas que têm um animal de estimação, que tem todo o direito de viver em liberdade, mas o mantêm fechado por dias, semanas, meses e até anos.

ANÚNCIO

Muitas dessas pessoas são tão desenvergonhadas, que ainda afirmam que, sob essas condições, estavam cuidando dela porque lhe davam comida, água e que lhe dirigiam uma ou outra palavra. O que eles não dizem é que seu interesse era comercializar os filhotes que obrigavam o seu animal de estimação a ter, ou seja, em três palavras … Para benefício econômico! Eles não param sequer para pensar, que são seres que sentem e sofrem.

Graças a Deus também conhecemos pessoas maravilhosas, que não conseguem ficar indiferentes à dor desses animais e que não têm outro interesse senão amar e fazê-los sentir esse amor com todas as suas forças.

ANÚNCIO

Lexy, é uma pit bull que passou seus primeiros 8 anos de vida trancada no quintal de sua casa, sob a tutela de seu criador, que apenas esperava o momento certo para ter a melhor ninhada que a Lexy lhe poderia dar, para alcançar a então sua grande negociação.

Lexy, estava carente de amor e e de receber os cuidados adequados para ter uma vida feliz. Deu a Luz muitos filhotes, seu estômago estava inchado e nunca tinha deixado este espaço onde estava trancada, até ter sido resgatada.

ANÚNCIO

Lexy ficou no abrigo da British Columbia SPCA, onde ela esperou meses até que alguém a adotasse. Felizmente Jenny Mackay, foi quem se candidatou para levar Lexy para casa, acabando por ser sua nova mamãe… E que sorte tiveram as duas!

Jenny diz que, onde todas as outras pessoas viram apenas um cachorro idoso, cuja raça é rotulada como agressiva e perigosa, com uma barriga inchada, ela viu e sentiu um cachorro que estava precisando de muito amor.

Finalmente, Lexy foi levada para sua nova casa, onde um processo de adaptação e cura emocional começaria devido a todos os maus-tratos que ela sofreu durante seus anos de vida.

Jenny sabia que tinha um longo caminho pela frente, mas também sabia que, com amor, esses passos seriam de alegria, compreensão, diversão e a maior satisfação de fazer Lexy conhecer uma vida feliz.

Quando Lexy chegou à nova casa, ela estava muito nervosa, ela era muito introvertida, completamente inconsciente de como viver em um lar estável. Apesar de sua timidez, ela ficou muito grata… E só queria dar e receber amor!

O dano emocional de Lexy era tão grande, que teve de reaprender a ser um cão novamente. Jenny diz que foram necessários muitos meses de trabalho com um treinador para ensinar Lexy a andar com coleira e outras instruções básicas.

Era tão estranho para Lexy se sentir livre, que seu medo nunca se tinha perdido. Ela foi pouco a pouco se adaptando e abraçando esta nova vida. Levou meses para aproveitar o conforto que Jenny lhe ofereceu, porque até a cama e a lareira causavam medo nela.

Jenny está feliz com o progresso gradual, mas firme, que Lexy foi alcançando e atualmente uma das rotinas favoritas é sentar-se no fundo da lareira à noite e aproveitar a atmosfera calorosa.

Lexy agora definitivamente sabe e sente o que é ser amada e cuidada e adora caminhar e brincar.

Ah.. e ela adora ir à praia!

A Lexy já tem 10 anos de idade e uma qualidade de vida que lhe permite ter saúde e não demonstrar sinais de limitações devido à sua idade. Vive os seus dias com prazer total e assim será até aos seus últimos dias.

(VÍDEO de Lexy na praia):

Lexy e sua família são grandes apoiadores de pitbulls e cachorros mais velhos e usam sua conta no Instagram, para ajudar a espalhar as mensagens de conscientização e responsabilidade para com esses adoráveis animais. Assim como a importância de amá-los incondicionalmente.

Jenny comenta que por vezes parece já não haver esperança para a humanidade, mas se formos capazes de olhar para além de nós, conseguiremos ver as reais necessidades dos outros, principalmente aqueles de quatro patas.

Excelente mensagem que Jenny nos deixa para reflexão, ajude com a difusão da mesma compartilhando esta maravilhosa história.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Você pode gostar: