Bonnie é um cachorro que foi resgatado por um pai exemplar, que lhe deu todo o amor que precisava e, o mais importante, um lar para sempre. Mas, quando o pai dela teve que fazer uma viagem de negócios ao exterior, uma semana depois de adotá-la, ele teve que conseguir uma babá para Bonnie.

Então ele pensou em seu melhor amigo, Jay Davis, já que tinha muita confiança nele e era a pessoa perfeita para cuidar de Bonnie. Dessa forma, Bonnie e Jay se conheceram pela primeira vez e, em apenas três semanas, ambos criaram um vínculo incrível que duraria anos.

“No começo, ele estava muito distante, mas senti que me juntei a ele muito rapidamente e logo confiou em mim. Eu sinto que ele olhou para mim quase como seu pai. Ensinei-lhe seus truques: como sentar, deitar, virar, sacudir e até abrir a porta com o nariz.”

Quando o pai de Bonnie voltou, ele voltou para casa, mas Jay o visitava todos os dias para cumprimentá-lo e brincar com ele. A ligação deles era tão grande que Jay finalmente acabou se mudando para um quarto extra na casa de seu amigo, e Bonnie ficou feliz por tê-lo por perto.

“Eu não era o dono dele, mas ele era meu melhor amigo e eu continuei ensinando e me relacionando com ele.”

Infelizmente, Jay conseguiu um bom emprego em outro estado, então teve que se mudar novamente e se separar dele. Bonnie é muito inteligente e sabia o que estava acontecendo, e não hesitou em mostrar que sabia que o amigo estava partindo.

“Quando eu morava com ele e fazia as malas, ele costumava me cercar, quase como se soubesse que alguma coisa estava acontecendo.” Jay ainda estava visitando seu amigo, mas as voltas e reviravoltas frequentes afetam Bonnie, então, quando ele a visitou mais uma vez, ele não queria deixá-lo ir.

Bonnie tinha um brinquedo preferido de pelúcia, que colocou entre as coisas de Jay. O entendimento de Jay sobre a mensagem, que era evidente – Ele queria que ele ficasse ou a levasse com ele.

“Quando estava saindo, fui à minha bolsa e encontrei o brinquedo nela. Perguntei se meu amigo havia colocado lá e ele disse ‘Não’. Liguei para Bonnie, ele veio e se sentou lá. Pedi que ele ficasse, tirei uma foto e acariciei como nunca antes. Foi tão tocante, mas tão triste … aquele olhar em seu rosto.”

Jay certamente entendeu o que Bonnie quis dizer. Ele não podia ficar ou levá-la com ele, mas sabia que a visitaria novamente em breve. Bonnie e Jay têm um vínculo muito forte que os une, e ele garantirá que sempre que estiver na cidade, visitará seu amigo.