Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil

ANÚNCIO
ANÚNCIO

De fato, muitas vezes dá para perceber quando um cachorro está prestes a realizar um ataque. Então, se isso acontecer é porque existem motivos para que aquele cão faça o ataque. Por outro lado, existem dicas eficazes para acalmar o cachorro desde cedo.

ANÚNCIO

Se quando você sai com o dog percebe que ele fica com o corpo rígido, a musculatura à mostra, o olhar fixo em alguma pessoa, a boca cerrada ou rosnando, além das orelhas erguidas, então, é hora de aprender essas técnicas para tornar o pet dócil. 

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Saiba se ele está com medo 

Um dos passos é sobre entender o motivo de o seu cachorro estar bravo. Então, descubra se ele está com medo ou insatisfeito com alguma coisa. Isso porque essa é uma reação que ele pode ter quando algum acontecimento o perturba. Nesse caso, a relação é com o ambiente.

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Assim sendo, é muito comum que um cão fique bravo porque se sinta ameaçado ou está com medo. Isso acontece quando ele age instintivamente, isto é, responde em relação aos próprios sentimentos no ambiente em que está inserido.

ANÚNCIO

Por exemplo, se alguém entra pelo portão de casa, o cachorro vai latir. Afinal, essa pessoa pode estar invadindo aquele espaço que é dele. Além do mais, tem a questão física também, o que quer dizer que ele pode estar com dores ou foi maltratado, coisas assim. 

Note se o cachorro tem muita energia

O segundo passo também é uma avaliação relacionada aos motivos de toda ferocidade do dog. É comum que algumas raças sejam mais enérgicas, o que quer dizer que o pet vai precisar encontrar formas de gastar essa energia toda.

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Então, se ele está bravo pode ser porque o espaço que está não comporta as atividades dele, como correr ou também pode ser que os donos e “amigos” não estejam acompanhando ele nas suas travessuras, entende? É preciso descobrir sobre isso.

ANÚNCIO

Sendo assim, ao adotar um cão ou outro animal qualquer, como gatos, vale a pena se atentar para esse cuidado. A falta de exercícios físicos ou de espaço deixam eles muito bravos, o que pode levar até mesmo um quadro de ansiedade.

Se for fêmea, pode estar prenha

Mais um motivador comum para que cadelas fiquem bravas tem a ver com a gestação delas, o que é chamado de prenha. Quando estão prestes a ter filhotes, elas podem ficar raivosas para protegerem as crias, assim como quando elas acabam de dar à luz aos pequenos doguinhos.

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

É muito comum que as cadelas avancem até mesmo nas pessoas mais conhecidas quando os seus filhotes nascem por conta de uma segurança materna. Mas, com carinho e amor é possível auxiliar ela nos cuidados com os pequenos cachorros. 

ANÚNCIO

Inclusive, vale a dica: o desmame dos cães duram em torno de 45 dias. No entanto, mesmo quando ainda está dentro desse período, elas podem precisar de uma ajudinha na alimentação deles, ainda mais quando nascem vários filhotes.

Os cães mais jovens também ficam bravos

Pouca gente sabe, no entanto, considere que os cães mais jovens, que estão em uma fase chamada de “puberdade” também podem ficar irritados. O motivo é que nessa fase da vida eles disputam a atenção da fêmea e isso traz um senso de agressividade durante o cio delas.

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Ou seja, os hormônios ficam alterados e há uma tendência daquela ideia de “marcar território”. Por isso, caso o seu pet esteja bravo além do comum, vale a pena tentar descobrir sobre esse fato, o que pode ser feito a partir da consulta de veterinários.

Em alguns casos, a castração se torna necessária para não resultar em problemas maiores. Enquanto isso, em outras situações, ela não é tão necessária. De todo modo, vale o conhecimento para saber o que fazer: consulte um médico-veterinário.

O cachorro tem problema de saúde?

Deixando um pouco de lado a questão do comportamento dos cães, saiba que eles também possuem motivos para estarem bravos quando passam por situações de saúde delicadas. Alguns tipos de doenças fazem isso, como a Raiva Canina

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Esse tipo de infecção viral é muito grave e se o cachorro tem a doença, que é muito rara no Brasil, ele pode apresentar sintomas como de salivação espumosa e vai querer morder as pessoas e outros animais. Esses são apenas alguns dos sintomas. 

Nesse caso, vale procurar ajuda do especialista. Outro ponto é que o hipotireoidismo também causa esse tipo de agressividade nos cachorros. Ela é uma doença que afeta o metabolismo do cão porque varia no nível de cortisol dele, que é o hormônio do estresse.

Evite brincadeiras que irritam os cães

Agora, pode até parecer bobagem, mas saiba que existem certos tipos de brincadeiras que temos o costume de fazer com os cachorros que não são nada legais para eles. Assim, isso também pode interferir na agressividade dele.

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, provocar o animal rosnando não é bacana. Nem mesmo pegar algo dele, como comidas ou objetos. Isso parece inofensivo em um primeiro momento, só que trazem insegurança para os bichos, o que pode fazer dele um animal agressivo naquele momento.

Aliás, ainda que não seja brincadeira, saiba que insistir para que cachorro faça algo que não queira também é um motivo para que ele fique irritado. Esse tipo de estresse, na maioria das vezes, pode ser evitado com medidas simples. 

O adestramento caseiro de animais

Uma boa dica é saber que todo animal que é um pet pode ser adestrado a partir de dicas fáceis, em casa mesmo. Então, se o seu cachorro é de uma raça que tende a ser mais agressiva, uma boa ideia é ensinar ele com os bons comportamentos desde cedo. Como?

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Um bom começo é entender a ideia das recompensas. Desse modo, vale a pena trazer a recompensa sempre que ele fizer algo que é o certo ou o esperado. É a mesma tática usada para treinar os cachorros da polícia e outros animais mais intensos.

Se a reação não for positiva, ele fica sem a recompensa. É bem fácil fazer essa conta e ele vai entender o que são os bons modos. Esse tipo de intimidade com o cachorro também influência nos sentimentos dele, o que acaba sendo outro ponto positivo para torna-lo mais dócil.

A rotina do pet ajuda a manter ele calmo

Para as pessoas, nem sempre ter uma rotina é algo interessante porque tudo começa a entrar no “piloto automático”. No entanto, saiba que elas também podem ser positivas se a gente considerar que nos ajudam a manter mais concentrados. Certo?

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

No caso dos cachorros, vale a dica sobre a rotina para que eles evitem a ansiedade. Assim, ainda que de modo diferente, eles também possuem preocupações. Então, se ele saber o horário de comer, de passear e de brincar, isso ajuda na ansiedade dele, ok?

A socialização do cachorro

Outra dica que vale ouro é entender que os animais são seres sociáveis, ainda mais os domesticados, como cães e gatos. Portanto, como vimos acima, podem existir muitas causas para a agressividade dele. No entanto, considere que dá para reverter essas inseguranças.

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, em uma boa parte das vezes que os cachorros rosnam para as pessoas desconhecidas é porque eles nunca entenderam ou aprenderam que a convivência com humanos é possível. Então, um bom começo é leva-los em lugares públicos, como praças.

Além disso, vale a pena deixar que o animal sinta o cheiro diferente. Para cães muito bravos, a dica é falar com um adestrador e começar aos poucos esse processo de socialização em torno das pessoas para evitar problemas e acidentes.

A forma com que você ensina o seu cachorro conta muito

Perto de terminar o texto, vale vim com esse último insight: até mesmo porque é comum a gente ouvir dizer que os pets são a representação dos donos, certo? Isso quer dizer que você gritar com eles ou falar palavrões não vai ser a melhor forma de educa-los.

Veja os principais passos para deixar seu cachorro dócil
Foto: (reprodução/internet)

Com isso, ainda que seja preciso ter “pulso firme” para ajudar os cachorros a ficarem menos estressados e mais calmos também não se deve fazer isso tentando usar um tom de voz mais alto. Aquela energia vai deixa-lo ainda mais intenso e agitado.

Sendo assim, somente a convivência saudável e carinhosa é capaz de tornar um cão bravo mais dócil e isso não é algo que acontece do dia para a noite. Logo, use outras dicas, como da recompensa, o que pode ser muito mais produtivo e menos cansativo para você e para o dog.

As raças de cachorros mais dóceis

Em alguma parte do texto, comentamos sobre algumas raças serem consideradas mais agressivas, com é o caso do Pit Bull e do Rotweiller. No entanto, isso não quer dizer que todos Pit Bull ou Rotweiller serão agressivos, tudo vai depender da criação e dos motivos deles.

Ao mesmo tempo, também podemos ver que existem aquelas raças que são consideradas mais dóceis, o que interessante para quem tem criança em casa e está pensando em adotar um pet. Assim, comece o estudo por Pug, Golden, Beagle, Poodle, Bulldog e Dachshund.