ANÚNCIO

No início deste ano, voluntários da ONG Hope For Paws, sediada na Califórnia (EUA), receberam uma solicitação de resgate de uma cachorrinha encontrada vivendo em um deck no alto de uma montanha nos subúrbios de Los Angeles.

Ela provavelmente estava vivendo ali há meses passando fome e frio, e não sobreviveria muito tempo naquelas condições.

ANÚNCIO

Com a ajuda da voluntária Eldad, a cachorrinha faminta e assustada foi resgatada dali e levada até o abrigo da Hope for Paws.

Leia Também: Pit bull é abandonada em parque com bilhete: ‘Não deixe meu tamanho te assustar, eu sou doce’

ANÚNCIO

Os voluntários precisaram lidar com a desconfiança extrema da cadela, provavelmente motivada por algum trauma passado ou episódio de violência.

Para conquistar a simpatia dela, eles ofereceram petiscos e carne fresca, atiçando sua curiosidade.

Aos poucos ela foi se soltando e permitiu ser acariciada. Mais tarde, os voluntários batizaram a pequena como Fergie.

ANÚNCIO

Fergie não tinha chip e não dispunha de qualquer informação que eventualmente a levasse até sua família adotiva (se é que havia uma).

Assim, os voluntários assumiram que ela era uma cachorra em situação de rua que seria disponibilizada para adoção no abrigo.

No abrigo, ela foi tosada, banhada e muito bem alimentada.

Fofinha e simpática, ganhou a admiração do pessoal que trabalha ali. Era certo que em breve alguém iria levá-la para casa.

Demorou um pouco mais do que o esperado – cerca de dois meses, – mas advinha só: Fergie foi adotada e está vivendo super bem com sua nova família adotiva! Maravilhoso, né?

Saiba mais sobre a história da cachorrinha assistindo ao vídeo abaixo:

Leia Também: Soldado encontra raposa sufocando com cabeça presa em jarra e corre para socorrer ela


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Você pode gostar: