Chef Henrique Fogaça levou sua cadelinha para doar sangue aos animais de Brumadinho

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Se você não tinha conhecimento, cachorros e gatos podem (e devem) doar sangue aos animais vítimas da tragédia em Brumadinho. O chef Henrique Fogaça lembrou dessa possibilidade ao compartilhar no seu Instagram, uma foto da sua cadelinha, Granola, doando sangue para cães que sobreviveram à tragédia.

ANÚNCIO

Ele escreveu na legenda: “Ontem foi dia da minha Granola fazer doação de sangue para os animais que sobrevivem à tragédia em Brumadinho! Quem puder ajudar, por favor entrar em contato com a The Point Pet… Obrigado, qualquer doação será muito bem vinda.”

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por HENRIQUE FOGAÇA (@henrique_fogaca74) em

Muitos de seus seguidores se emocionaram com sua atitude e parabenizaram o famoso chef:

ANÚNCIO

“Que belo exemplo o seu, meus parabéns!!! Que isso sirva de lição para outras pessoas. Lindo gesto, fiquei emocionada em ver isso”, elogiou uma seguidora emocionada. A labradora usava uma capa de super-herói roxa.

Como informa o blog Comportamento Animal, estão aptos a doar sangue cães entre 1 ano e 8 anos, acima de 25 quilos, que não passaram por cirurgia nos últimos dois meses, que não têm nenhuma doença, vacinado e vermifugado e que fazem controle de pulga e carrapatos (ectoparasitas).

ANÚNCIO

No caso dos gatos, os critérios são os mesmos, mas o peso deve ser superior a 4 quilos. A principal diferença é que o felino deve ser sedado, para não haver estresse. Enquanto os cães ficam acordados e até recebem biscoitos, além de carinhos da equipe do hemocentro veterinário.

Atendendo a todos esses critérios, seu animal pode ser um doador para os animais de Brumadinho. Se estiver interessado, então você deve procurar o hemocentro mais próximo de sua casa e marcar um horário. Primeiro será feito um exame bioquímico (retirada de um pouquinho de sangue) para ver as condições gerais do animal, como função renal e hepática. Se estiver tudo bem, você receberá uma ligação para realizar a doação. O procedimento é rápido, com um leve incômodo, mas muitos animais nem reclamam.

ANÚNCIO

Portanto, se pensava em ajudar os animais de Brumadinho e não sabia como, aqui tem uma boa oportunidade de fazer a diferença na vida dos que sofreram coma tragédia.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Adaptação por Portal do Animal, da matéria originalmente criada por Razões para Acreditar