Na tarde de domingo, 3 de Junho, aconteceu o desastre natural mais devastador dos últimos quarenta anos na Guatemala. O “Vulcão de Fogo”, localizado nas proximidades de várias aldeias, entrou em erupção, causando evacuações em massa.

Quase dois milhões de pessoas foram afetadas com a ameaça do vulcão.

O vulcão está localizado em Antigua, uma cidade colonial que foi declarada património da UNESCO por ter sobrevivido, em várias ocasiões, a múltiplas erupções do vulcão.

Depois desta terrível erupção foram declarados 3 dias de luto na Antigua.

No meio da tragédia, muitas pessoas tiveram que correr com o pouco que podiam levar consigo. Outros, como foi o exemplo de Don Ignacio, fizeram questão de salvar um membro muito importante da família: o seu cachorro.

Até ao momento, foram contabilizados mais de 3000 evacuados, 20 feridos e 62 mortos a lamentar.

Um vídeo captou o momento em que com lágrimas nos olhos, Don Ignacio se vê fugindo da sua aldeia com alguns dos seus pertences e com seu cachorro nos braços: “Eu consegui resgatá-lo.”, diz extremamente afetado, reconhecendo a sua preocupação também pelo paradeiro desconhecido da sua irmã Ana Bolivia:

“A minha irmã não aparece e não sabemos se está soterrada, não sabemos”

No meio do desastre natural, muitas equipes de resgate assumiram a difícil tarefa de procurar sobreviventes nas condições perigosas em que se encontram as zonas que o “Vulcão de Fogo” atingiu.

O vulcão expeliu rios de lava com tanta força que alcançou mais de 10 mil metros de altura e se estenderam a um raio de 40 quilómetros.

As comoventes imagens de Don Ignacio tocaram corações em todo o mundo, pelo amor que ele expressou ao querer salvar seu cachorro no meio de tamanho desastre. O homem arriscou sua vida para poder salvar seu animal amado, demonstrando lealdade e amor por quem, certamente, saberá agradecer-lhe para sempre.

O cachorro estava visivelmente assustado, agarrando-se ao seu dono.

Este tipo de desastres naturais podem afetar muito um animal de estimação, uma vez que eles ficam completamente desorientados sem saber o que fazer. O mais recomendado nestes casos, é tentar os manter protegidos junto da sua família. O Manual de Medidas de Precaução do Projeto Animais da América Latina, aponta:

“É necessário reconhecer que, se um local não é seguro para você ficar, não será certamente também para o seu animal.”

Confira abaixo o momento que relatamos acima e que está a emocionar pessoas por todo o mundo:

Vídeo de algumas declarações de Dom Ignacio:

”Eu perdi tudo, minha família está viva, graças a Deus, eles estão queimados mas vivos. Eu consegui salvar algumas roupas, mas o resto Deus vai cuidar, e minha cadela que é toda minha alma”, disse Ignácio já com o seu animal em seus braços e deixando sua casa já destruída pelo vulcão.

Dom Ignacio reagiu de maneira exemplar no meio desta terrível situação. Estamos unidos e com todas as famílias afectadas pelo desastre e esperamos que  consigam localizar todos os seus parentes e animais de estimação.

Convidamos você a compartilhar este momento heróico com todos os seus amigos e esperamos de verdade, que no meio desta catástrofe,  não se perca nem mais uma única vida.

Força a todos na Guatemala!

Tradução e adaptação de Portal do Animal / Fonte: Zoorprendente