Veterano de guerra conta como sua pitbull ajudou a superar depressão

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Apesar das pessoas ainda julgarem muito pela aparência, é lindo ver exemplos de que esse tipo de concepção é totalmente errada. Você pode olhar para Jim Brakewood e pensar que ele é um cara durão e grosso, mas há alguém que amolece seu coração.

ANÚNCIO

Ele é veterano de guerra que lutou duas vezes no Iraque, perdendo amigos e sendo baleado na cabeça. Ao voltar para casa, ele teve depressão, alcoolismo e sérios pensamentos sobre suicídio.

Mesmo assim, ele é um guerreiro e não desistiria. Imaginou que um cachorro poderia ajudá-lo a passar por um momento tão difícil, e foi a um abrigo para animais, onde conheceu Amora, uma Staffordshire Bull Terrier que não tem uma perna.

ANÚNCIO

Pit bulls tem uma reputação muito ruim, sendo 40% dos 1,5 milhões de cachorros eutanasiados em abrigos por ano. Por isso, mesmo se parecer com um era um problema para que a doce Amora fosse adotada.

Ela ainda estava com os curativos frescos da amputação de sua perna, e Jim a levou para casa. Enquanto ele a fazia carinho, ela dormiu com um sorriso, e ele tirou uma foto emocionado.

ANÚNCIO

“Ela me faz companhia e é minha melhor amiga. Eu não sei se consigo enfatizar o quanto ela me ajudou e é importante para mim. Ela me deu um motivo para viver.”

Emocionante, não? Esperamos que Jim e Amora estejam bem e continuem com esse laço maravilhoso que só quem tem animais sabe como é. Você pode acompanhá-los pelo Instagram dele.

ANÚNCIO

Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado