Três lindos gatinhos trigêmeos resgatados das ruas frias do Arizona, nos EUA, se uniram para superar os seus problemas de saúde e prosperar. No início de agosto, uma pessoa de bom coração que andava por um complexo de apartamentos na cidade encontrou os três gatinhos órfãos.

Os pequenos tinham cerca de cinco dias e ainda não tinham aberto os olhos; sua mãe não estava em lugar nenhum.

Leia também: Mamãe golden retriever encontra gatinho perdido na rua e decide acolhê-lo como um filho

Alguns gatos mais velhos podiam ser vistos rondando o lugar para levá-los, mas suas intenções não eram claras, pois nenhum deles parecia ser o pai biológico. A preocupação com o bem-estar dos felinos aumentou, já que muitos gatos de rua não toleram filhotes, especialmente não-biológicos.

A mulher que encontrou os trigêmeos resolveu entrar em contato com a ONG Jin’s Bottle Babies, um centro local de resgate de animais, para obter ajuda. Shelbi Uyehara, fundadora da Jin Bottle Babies, se dispôs a acolhê-los. “Decidimos hospedá-los porque aquela área não era segura. E eles estavam doentes com uma infecção respiratória grave”, disse.

Taryn e Melissa, duas socorristas da ONG TNR, de bem-estar animal, se ofereceu para pegar os pequenos e transportá-los para o refúgio.

Quando o trio chegou ao abrigo, Shelbi os levou aos seus cuidados e logo começou a dar-lhes antibióticos e comida. Os irmãos foram batidos de Jenny, Becky e Lizzy, pela equipe do abrigo, e desde então têm um cuidado especial.

Desde que foram resgatados, eles nunca foram separados por motivo algum, exceto na hora da alimentação, pois são alimentados individualmente com mamadeira. “Em poucos dias, o problema respiratório desapareceu. Eles também lutaram contra uma infecção de parasita, mas nada foi o suficiente para derrubá-los”, disse Shelbi.

No meio desse tempo de recuperação, a voluntária acolheu outra ninhada de quatro gatinhos, que também precisavam ser alimentados com mamadeira, e tinham a mesma idade dos trigêmeos.

Então Shelbi achou que seria bom apresentá-los para que pudessem passar um tempo juntos. Ela colocou os quatro gatinhos ao lado dos trigêmeos e esperou pacientemente para ver se eles os aceitariam como seus novos amigos. Para surpresa de todos, eles deram as boas-vindas aos novos amigos com muito chamego e miados.

“A turminha tem se dado bem nos últimos dias”, garantiu ela. Em três semanas, todos os sete gatinhos serão encaminhados para adoção.

Leia também: Mulher tatua rosto de sua amada cachorrinha um ano após ela virar estrelinha: ‘Minha Vida’

Compartilhe o post com seus amigos! 😉