Soldada se reencontra com cadelinha que conheceu no Iraque e emociona todo aeroporto

Faz exatamente sete meses que a soldada Sgt. Tracy McKithern viu sua cachorrinha Erby pela última vez. McKithern conheceu sua cadelinha quando foi enviada para o Iraque em 2017. Na época, a filhote e sua mãe, ambas claramente famintas e maltratadas, perambulavam pelas ruas em busca de comida quando chegaram à base militar da soldado.

“Ela amava todos”, disse McKithern. “Ela é a mais doce almazinha. Ela veio até mim imediatamente, provavelmente com fome, mas gentil. Acho que ela estava procurando amor mais do que qualquer outra coisa”.

Então, a sargento nomeou a cadelinha “Erby” depois de Erbil, a cidade iraquiana em que estavam hospedadas. McKithern, junto com soldados das unidades militares italianas e alemãs, alimentaram as cachorrinhas e cuidaram delas até finalmente engordarem um pouco. Sempre que os soldados saíam em missões, Erby os esperava na base quando retornavam.

Então, quando o desdobramento de 1 ano de McKithern estava chegando ao fim, ela não suportaria se separar da cadelinha. A soldado postou uma foto de Erby na mídia social com uma legenda dizendo: “Eu gostaria de poder levá-la para casa”.

Amigos e familiares se comoveram com a situação e entraram em contato com as organizações de resgate que poderiam ajudar a levar Erby para os Estados Unidos. Uma dessas organizações sem fins lucrativos, a Puppy Rescue Mission, ofereceu-se imediatamente para ajudar. Depois de encorajar estranhos a doar mais de US $ 3.500 para as vacinas e despesas de viagem, Erby estava finalmente pronta para se juntar a McKithern em sua casa em St. Petersburg, na Flórida.

McKithern estava inicialmente preocupada que ela fosse mandada para casa antes que pudesse completar toda a papelada, mas seus amigos alemães e italianos no Iraque prometeram terminar o processo para que Erby pudesse ser enviada para a América.

Erby tecnicamente chegou à América há dois meses, mas a cadelinha chegou ao aeroporto no mesmo dia em que McKithern foi enviada em para outra base em Wisconsin. O reencontro, infelizmente, teve de ser adiado novamente.

No entanto, finalmente, a cachorrinha e sua dona se reuniram no Aeroporto Internacional de Tampa Bay na semana passada e o momento foi lindo. “Eu não posso acreditar”, disse McKithern. “Parece que um milagre está acontecendo.”

Veja o vídeo desse reencontro lindo:

Enquanto isso, a mãe de Erby ainda está sendo cuidada pelos soldados no Iraque, mas McKithern está otimista que a outra cachorrinha possa também ser adotada e levada para os Estados Unidos.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado


Fonte: Good News NetworkBest of Web

Vitiligo deixa animais com aparência exótica, parece ter ‘faltado tinta’
Famílias de Orangotangos e lontras fazem amizade improvável em zoológico na Bélgica
Mulher tem encontro inesperado com jacaré enorme em pântano dos EUA
Raposa cochila tranquilamente em um tronco de uma árvore em quintal de família
Cão é encontrado com bilhete depois de seu dono abandoná-lo devido ao coronavírus
Cachorro ajuda sua vizinha idosa, isolada e com problemas respiratórios, levando suas compras
Irmãos pit bulls abandonados na rua são adotados por ‘anjo da guarda’ nos EUA
Cão perde a habilidade de ‘abanar a cauda’ após usá-la em excesso brincando com a família
Gatinha antissocial se rende à fofura de seu novo ‘irmãozinho’ recém-nascido
Animais de estimação trazem alívio e reduzem estresse em meio a isolamento social
Gatinha abre Tupperware da mãe e mordisca todos os seus biscoitos: ‘Muito gulosa’
Gatinha viraliza nas redes sociais ao pegar praia pela 1ª vez: ‘Estava toda sorridente’