Reencontro emocionante entre soldado e cachorros que salvaram ele no Afeganistão

Quando um soldado pensou que estava apenas fazendo amizade com cães de rua durante seu tempo no Afeganistão, mal sabia que eles acabariam salvando sua vida. Tudo começou quando o sargento Chris Duke descobriu alguns cães abandonados não muito longe de onde estava hospedado.

Então, ele e seus colegas soldados se uniram aos animais e os viram como um conforto em meio a realidade sombria que estavam vivendo. Esses três cães, chamados Sasha, Rufus e Target, acabaram se tornando parte da equipe.

“Você sabe, muitos de nós usamos os três como uma espécie de fuga .. você sabe, sempre que você está com saudades de casa”, explicou Chris. Para esses soldados, os cães eram um lembrete de seus animais de estimação em casa e do amor que estava esperando por eles quando voltassem.

Mas Chris e seus companheiros não faziam ideia de que, enquanto cuidavam daqueles animais, a gratidão no coração de cada cãozinho era enorme. Por isso, eles acabaram salvando a vida de pelo menos 50 soldados. Uma noite, enquanto todos dormiam, os cachorros começaram a latir alto. Chris e os outros soldados imediatamente acordaram. Um homem-bomba havia se infiltrado na área, ameaçando matar os 50 soldados que estavam dormindo lá.

Graças ao aviso dos cães, os soldados reagiram rapidamente. O homem-bomba acabou se matando antes que ele pudesse causar algum dano aos outros homens. Os soldados estavam seguros graças aos seus companheiros caninos. “Acredito firmemente que provavelmente não estaria aqui hoje se não fosse eles [os cães]”, admitiu Chris.

Infelizmente, Sasha se feriu gravemente durante o ataque, mas Rufus e Target logo se recuperaram. Quando chegou a hora de Chris voltar para casa, ele temia pelo destino dos cães. “Eu estava realmente preocupado com o fato de que a próxima unidade poderia entrar e não os querer lá”, disse ele. Se os soldados decidissem não manter os cães por perto, eles enfrentariam muitas dificuldades. Chris queria uma vida melhor para os heróis que o resgataram, então ele não ficou parado.

O soldado escreveu a Hope for the Warriors, um grupo de assistência a veteranos, que acredita que “os que são tocados pelo serviço militar podem ter sucesso em casa, restaurando seu senso de si mesmo, família e esperança”. Ele queria trazer os cães para casa e a ajuda dessa organização era sua melhor chance. “Eu devo minha vida a esses cães”, implorou Chris. “Meu desejo é trazê-los para casa e dar a eles a melhor vida possível”.

Seu pedido tocou o coração de Robin Kelleher, o presidente da Hope for the Warriors. “Isso significaria muito para ele”, observou ela. Robin prometeu que o grupo faria “tudo o que precisássemos fazer para concretizar esse desejo”. A equipe montou uma página no Facebook e, em apenas alguns meses, arrecadou US $ 21.000 – o suficiente para levar os cães para casa.

Chris nem acreditou no que havia acabado de acontecer e agora está finalmente em casa com seus cães heróis.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Todos os dias, filhote de cervo espera cachorro na floresta para brincarem juntos
Esquilo ‘mafioso’ negocia nozes com vendedor em troca de sua ‘proteção’
Cachorrinha foge de casa para dar um ‘rolê’ com cervo na floresta
Baleia é encontrada morta em praia com mais de 100 kg de plástico em seu estômago
Pit bull recebe linda serenata do seu pai: ‘Ela estava adorando cada minuto’
Todos os dias, filhote de cervo espera cachorro na floresta para brincarem juntos
Cadelinha cuida de um galho por 5 anos como se ele fosse seu próprio filho
Cachorrinha recebe mais de 30 pedidos de adoção após salvar 5 gatinhos do frio
Cachorrinha recebe mais de 30 pedidos de adoção após salvar 5 gatinhos do frio
Voluntário transforma caixas térmicas descartadas em casinhas para gatos de rua
Caminhoneiro chora ao rever seu gato, após 2 meses separados: ‘Foi um milagre de Natal’
Menina não consegue sustentar gata e é forçada a deixá-la na rua com bilhete: ‘Adeus, Violet’