Quando um filhote de cachorro foi encontrado em uma situação deplorável, os socorristas do Dallas RRR sabiam que não podiam perder tempo. Ele mal conseguia abrir os olhos ou manter a cabeça erguida e estava lutando para sobreviver.

Por ser tão pequeno, Stuart foi classificado como um chihuahua.

Mas o doce garoto era na verdade de outra raça. Por ser tão magrinho, ele nem parecia ser o que realmente era… um Pit Bull
! O resultado das análises ao sangue de Stuart chegou e as notícias se tornaram muito ruins. Ele estava tão severamente anêmico e cheio de pulgas e carrapatos, que precisava de transfusões de sangue imediatamente.

As primeiras 48 horas de Stuart foram as mais assustadoras. Ele perdia a consciência e ninguém estava mais acreditando que ele iria escapar, mas seus socorristas continuaram lutando por ele.

Cinco dias depois, uma mulher chamada Susan, decidiu adotá-lo. Stuart estava feliz por estar na casa de Susan, mas ele ainda estava muito debilitado. Os dias passaram e ele começou a agir como um filhote de cachorro porque se sentia muito melhor, e também amado.

O irmão de Susan, Shane, veio ao seu encontro e a amizade entre eles foi instantânea. Shane ao ver seu amiguinho no sofá, rapidamente tratou de deitar ao seu lado, e ali ficou… ele também queria cuidar de Stuart.

O então “Chihuahua” cresceu rápido e saudável, e se tornou um bonito Pit Bull feliz, com seu irmão e mamãe, em um lar amoroso.

Veja sua transformação:


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!