ANÚNCIO

Durante uma caminhada pelo Prospect Park, em Nova York (EUA), o freelancer Eric Maus avistou uma cadela presa à uma árvore com uma espécie de bilhete anexado à sua coleira.

Ao se aproximar, ficou emocionado com o que estava escrito. “Me leve para casa. Eu sou uma ótima cachorra. Eu tenho 7 anos. Não deixe meu tamanho assustar você. Eu sou doce”, dizia a mensagem.

ANÚNCIO

A cadela pertencia à raça pit bull, que infelizmente até hoje sofre com o preconceito por parte de muita gente.

Leia Também: Filhote abandonado em caixote é adotado e passa por profunda transformação

ANÚNCIO

Naquele dia em questão, Eric estava passeando com dois cães, mas mesmo ao se aproximar da cadela enorme, ela não demonstrou qualquer sinal de agressividade, pelo contrário, começou a abanar o rabo, como se quisesse ser acariciada.

O rapaz sabia que não podia deixá-la ali.

ANÚNCIO

Com a ajuda da internet, as coisas foram muito mais fáceis: Eric postou uma foto de Mamas (nome dela segundo o bilhete) em uma página do seu bairro no Facebook, onde explicou a situação e pediu ajuda.

O que ele não esperava era que a publicação fosse tão efetiva e viral, alcançando muita gente que se voluntariou para levá-la a um abrigo de cães, o ‘Sean Casey’, para que ela fosse acolhida e tratada.

Devido a uma infecção na bexiga descoberta posteriormente, a pit bull não conseguia andar direito, então ela foi carregada até o veículo.

Chegando ao abrigo, Mamas ficou toda animada e fez amizade com os voluntários do local, como se soubesse que aquelas pessoas só queriam o seu bem (como querem mesmo!).

O abrigo assumiu a responsabilidade pela cachorra e irá tratar sua infecção na bexiga, que felizmente, não é grave.

Assim que ela estiver em boas condições de saúde, será acolhida por uma família muito amorosa que já tratou de todos os trâmites burocráticos para acolhê-la em seu novo lar.

Talvez o antigo dono não tivesse mais condições de sustentá-la, mas agora Mamas está muito feliz com tantos humanos ao seu redor lhe amando e lhe paparicando. 😍

Leia Também: Família adota filhote ceginho encontrado trancafiado em gaiola e abandonado na estrada


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Você pode gostar: