Reese foi encontrada deitada em uma calçada praticamente imóvel, sem conseguir se levantar. Extremamente desnutrida e debilitada, a cachorra da raça pit bull foi levada para um centro de acolhimento de animais em Nova Jersey, nos EUA, para ser ajudada.

Dias depois, ela foi transferida para o abrigo da ONG Jersey Pits, que assumiu a responsabilidade por sua recuperação.

Os voluntários do abrigo ficaram muito emocionados ao verem o estado de saúde da cachorra e prometeram para si mesmos que Reese não só se recuperaria integralmente, como seria acolhida e amada por uma família adotiva.

Leia Também: Gatinha abandonada na rua é resgatada por abrigo que lhe retira 2 kg de pelo embolado

Reese pesava cerca de 8 kg, metade do considerado ideal para a raça.

No começo, ela era alimentada em pequenas doses, para que não comprometesse seu fraco sistema digestório.

Ganhar peso foi difícil, mas com uma dieta hipercalórica, o acréscimo de massa corpórea foi apenas uma questão de tempo.

Em um mês, a pit bull recuperou boa parte do seu peso e, mais forte, já conseguia caminhar, correr e se alimentar por conta própria, para o orgulho dos voluntários do abrigo. Que cachorra guerreira!

Após ser dada como apta para adoção, o abrigo de cães cedeu Reese para Ryn, uma simpática mulher que assumiu sua guarda definitiva.

Ao chegar no seu lar adotivo, Reese ficou um pouco insegura no começo, mas isso logo passou e ela começou a brincar com seus novos brinquedos! Era a primeira vez em sua vida que a cachorrinha estava dentro de uma casa onde era amada.

Ryn, a mãe adotiva da cadela, ficou mais do que feliz em poder fazer parte de sua recuperação. Em pouco tempo, a doguinha já pulava no sofá pra ganhar carinho e pedia comida toda hora que via algo saboroso.

“Quase todos os dias pela manhã eu tinha que afrouxar a coleira de Reese, porque ela estava ganhando peso e ficando cada vez mais saudável”, disse.

Com muita dedicação e força de vontade, a pit bull outrora esquelética agora está plenamente recuperada e mais do que pronta para ser feliz ao lado de sua dona!

Saiba mais sobre a incrível recuperação da cachorra abaixo:

Leia Também: Cãozinho considerado ‘feio e indesejado’ chora ao ser acarinhado pela 1ª vez


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!