Um passarinho com deficiência foi resgatado pela equipe da ONG norte-americana California Wildlife Center (CWC) enquanto perambulava com bastante dificuldade pelas ruas.

O pequeno nasceu com uma deformidade congênita nas patas, que lhe causava muita dor enquanto caminhava e lhe impossibilitava de pegar objetos.

Ao ver a situação do passarinho, os voluntários da CWC decidiram levá-lo para o abrigo, onde ele seria examinado e quem sabe, tratado.

Os veterinários encontraram um nó formado entre os dedos das suas patas, algo que acontece com frequência, principalmente em aves mais jovens.

Para se manter ereto, ele precisava ficar na ponta dos pés, causando-lhe desconforto e sofrimento.

A solução encontrada pela equipe do abrigo foi improvisar pequenos sapatos ortopédicos que ajudariam o passarinho a andar. Eles também engessaram suas patas para corrigi-las a longo prazo.

“Geralmente, leva uma semana ou duas com o gesso para a pata voltar ao normal”, explica Duane Tom, do Centro da Vida Selvagem.

Graças à ajuda dos voluntários da CWC, o passarinho poderá caminhar normalmente e voltar à natureza muito em breve, sem sentir dor ou desconforto.

Saiba mais sobre o trabalho do California Wildlife Center acessando a página do Facebook deles clicando aqui.

Matéria escrita por Gabriel Pietro em exclusividade para o Portal do Animal. Siga-me no Instagram clicando aqui.