Há alguns dias, a norte-americana Kristyn Gamblain estava transitando por uma rodovia movimentada quando avistou uma estranha ‘bola preta’ em uma barreira que separava a estrada.

Ela seguiu caminho até sua consciência falar mais alto: será que aquilo era um gato em apuros?

Receosa de que a resposta fosse sim, Kristyn fez o retorno na via e voltou até a barreira onde jurava ter visto aquela imagem.

Ao se aproximar, avistou novamente a bola preta, e dessa vez tinha certeza: era um gatinho preso, que poderia morrer ali por asfixia se não fosse salvo a tempo.

Não se sabe como, mas o felino se prendeu no meio entre duas barreiras. Kristyn pediu ajuda às autoridades rodoviárias, que desviaram parte do tráfego enquanto o resgate era feito.

Com muito custo, Kristyn e os policiais conseguiram puxar o pequeno para fora. Todos aplaudiram e comemoraram, e a mulher ficou muito grata por ela ter confiado em seus instintos e voltado para ajudar.

“Ele deu um pequeno miado depois de ser libertado e veio aos meus braços quando o peguei – honestamente parecia um pouco em estado de choque, mas aliviado por ser resgatado”, disse Kristyn.

Um dos policiais perguntou se ela estava pensando em ficar com o gatinho – e embora ela tivesse acabado de adotar outro gato na semana anterior, ela imediatamente disse que sim.

“Como não poderia, quando apenas passei 45 minutos resgatando-a?”, indagou Kristyn em um post no Facebook .

A norte-americana decidiu batizar o gatinho de Jersey. Ele agora está se acomodando em sua nova casa, e não poderia estar mais feliz que sua mãe de alguma forma o viu naquele dia. Kristyn não planejava adotar outro gato, mas assim que viu Jersey, soube que era para acontecer.

Veja abaixo como foi o resgate: