Mulher se apaixona por cachorrinho velhinho que perdeu seu dono e o adota

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Em julho, um Basset Hound chamado Bo apareceu em um abrigo no Alabama, depois que seu dono idoso se mudou para uma casa de repouso. Bo era bastante velho também e a família de seu dono alegava que ele tinha 20 anos de idade.

ANÚNCIO

O abrigo escreveu um post sobre Bo que se tornou viral – e o Tri-State Basset Hound Rescue, um grupo de resgate local, ofereceu-se para levá-lo sob  seus cuidados. Quando o grupo de resgate escreveu seu próprio post sobre Bo, chamou a atenção de Reba Morse, fundadora do Sandy Wayne Sanctuary of Hope .

“Acabei de ver o rosto dele e não consegui deixar de pensar nele”, disse Morse. “Ele tinha o rostinho mais lindo que já vi e eu amo cachorros velhinhos. Eu mandei uma mensagem para o abrigo e disse: ‘Se precisarem de mim, eu estou aqui’ ”.

ANÚNCIO

Morse cuida de muitos cães veteranos no Santuário da Esperança de Sandy Wayne, então o grupo de resgate sabia que o santuário de Morse seria o lugar perfeito para ele. Mas antes de ir morar com Morse, Bo foi ao veterinário.

Bo estava de boa saúde para a sua idade, o que indicava que o seu antigo dono amava e cuidava muito bem dele. No entanto, o veterinário não estava certo de que Bo tinha 20 anos de idade – ele supôs que ele estivesse com 14 ou 15 anos.

ANÚNCIO

“O veterinário disse: ‘Não achamos que ele tenha 20 anos, mas conseguimos perceber que ele é muito, muito velho’”, disse Morse. “É difícil dizer exatamente quantos anos ele tem, mas ele está em uma idade muito avançada”.

A idade de Bo não importava para Morse, que estava determinada a dar a Bo a melhor vida possível em seu santuário.

ANÚNCIO

“Ele tem permissão para estar em casa sempre que quiser, mas ele gosta de andar lá por fora”, disse Morse. “Enquanto ele está conosco, ele está praticamente tomando a decisão sobre o que ele quer fazer logo de seguida.”

“Ele adora ser acariciado e adora receber atenção”, acrescentou Morse. “Ele ainda consegue correr um pouquinho, mas isso não dura muito – apenas alguns segundos. Ele faz muitas pausas, mas parece que ele simplesmente aproveita a vida. ”

Bo também foi rápido em fazer amigos. Especialmente com Pappy, um beagle de 18 anos de idade .

“Os dois se dão muito bem”, disse Morse. “Eles ficam juntos o dia todo.”

Normalmente, os cães que são separados de seus donos tendem a ficar tristes por um tempo, explicou Morse, mas Bo não parece muito afetado com sua nova situação de vida. Isso não significa que Bo não tenha amado seu antigo dono – Morse acredita que isso é porque Bo tem demência.

“É como se ele não estivesse realmente compreendendo o fato de que ele foi separado ou que perdeu sua família”, disse Morse. “Ele está feliz no momento. Tudo o que está acontecendo para ele agora, ele simplesmente adora. ”

Morse se apaixonou por Bo, e ela deseja uma coisa – que o ex-dono de Bo saiba que Bo está recebendo o melhor atendimento.

“Alguém cuidou dele, e alguém o amava – essa é a parte que quebra meu coração”, disse Morse. “Eu gostaria de fazer a família saber que ele agora está bem. Ele jamais voltará a ficar com frio ou calor, nem voltará a ficar com fome e sede.” Ele vai receber todo o amor e será muito bem tratado.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado