Mulher faz alerta a donos de cachorros após seu cachorro morrer ao comer pacote de salgadinhos

Há algumas semanas, Cristina Young se despediu de seu cachorro de estimação, o pit bull Petey, e foi para o trabalho, como a jovem faz todos os dias. Quando seu marido chegou em casa, imediatamente percebeu que algo estava errado: a mascote não correu até porta – algo que o cão sempre fez.

O motivo era dos mais tristes: o cachorro havia morrido enquanto seus donos estavam no trabalho. Em luto, Cristina decidiu compartilhar a história da mascote no Facebook para alertar outros donos de cães — e garantir que o mesmo não aconteça com eles. “Sinto que nós temos a obrigação de compartilhar o que aconteceu com o Petey na esperança de prevenir que isso aconteça novamente“, a jovem escreveu no Facebook.

Nós nos desculpamos antecipadamente porque isso será muito difícil para escrever, mas eu sei que vale a pena“. Na publicação, Cristina revela que ela e o marido entraram em casa e viram o corpo do cachorro. “Nós vimos o nosso garotão já sem vida com um estúpido pacote de batatinhas na cabeça dele. Ele conseguiu pegá-las de cima do balcão. Agora nós nos sentiremos culpados para sempre por deixá-las lá. Ele comeu todos os salgadinhos, mas, é claro, retornou ao pacote procurando por migalhas…“.

Ele não encontrava nada dentro da pacote, então todas as vezes que ele colocava a cabeça dentro do saco ele inalava, deixando a embalagem mais e mais apertada ao redor de sua cabeça, o que resultou no sufocamento“, escreveu Cristina.

A jovem, ainda chocada com o que aconteceu com sua mascote, decidiu fazer uma pesquisa. “O Petey era inteligente, então eu não conseguia entender por que ele não conseguiu remover o saco com as patas. As estatísticas da frequência desses acidentes são chocantes. De três a cinco animais de estimação sufocados são reportados todas as semanas e 42% desses sufocamentos acontecem enquanto os donos estão no cômodo ao lado“, escreveu a mulher.

A jovem, então, conclui com mais um dado alarmante: “Demora apenas três minutos para que os níveis de oxigênio deles caiam para níveis fatais. Com a frequência desses acidentes, nós ficamos chocados ao descobrir a falta de conscientização das pessoas“, escreveu Cristina. “Em 90% dos casos reportados, o dono nunca tinha ouvido falar nessa questão até que o acidente aconteceu. Sacos de salgadinhos, caixas de cereais, sacos de pão ou pipoca, sacolas com petiscos para cães e gatos parecem ser os itens mais comuns“.

Cristina faz um pedido ao fim da publicação: “Eu gostaria de pedir, em honra ao nosso meninão Petey, que vocês sejam extremamente cuidadosos, que alertem outros donos de cachorros e deem aos seus bebês um pouco mais de amor hoje e todos os dias. Rezo para que nenhum de vocês tenha que passar pelo o que eu estou passando“. A jovem, então, faz uma homenagem à mascote. “Nós te amamos, Petey. Você foi o melhor garotão do mundo inteiro e nós vamos nos lembrar das nossas boas memórias para sempre“. Confira: 

Dê sua opinião: E você, o que achou do desabafo de Cristina? Deixe seu comentário!


Você gostou desta matéria? Conhece alguém que a gostaria de ler? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Fotógrafo vê um manta rosa raro pelo visor de sua câmera de mergulho
Criança sem pés ganha filhote sem pata: “Esse é meu filhote, ele é igual a mim”
Cachorrinho que não consegue andar se torna amigo de pomba que não consegue voar
Policiais ficam surpresos ao socorrer filhotes de urso abandonados em caixa de papelão
Soldada se reencontra com sua sua cachorrinha depois de 2 anos: ‘Ficou com medo’
Cadelinha que fez de tudo para proteger seus filhotes é resgatada com seus bebês
Cãozinho rebelde ‘foge’ de casa, mas comicamente se arrepende: ‘Tocou a campainha para voltar’
A cadela mais preguiçosa do mundo: ‘Ela só tem uma paixão, não fazer nada’
Gatinho engana a todos ao fazer sua família pensar que não gosta da filha recém-nascida
Gatinha danada ataca sorrateiramente a orelha de seu irmão, mas recebe contra ataque canino
Gatinha persegue cão que interrompeu seu momento de amor com seu amigo
Livraria no Canadá tem gatinhos circulando livremente em seu espaço: ‘Eles são adotados aqui’