Mulher abre cafeteria recheada de cãezinhos Corgi e as fotos são adoráveis

Há uma cafeteria em Bangkok, capital da Tailândia, onde 12 adoráveis cães da raça Corgi ​​correm livremente para encontrar e brincar com os clientes que chegam ao estabelecimento.

Batizado de “Corgi In The Garden”, o local é, sim, tão incrível quanto parece. A cafeteria rapidamente se tornou bastante popular entre os turistas e moradores locais e isso não é exatamente uma surpresa, já que o país do sudeste asiático tem sido palco de um enorme aumento do número de cães adotados em lares.

Tanchanok Kanawaong, o dono do café, é um grande fã da raça porque os corgis são “animais extremamente amáveis ​​e engraçados”.

“Eu amo cães em geral. Até pouco tempo atrás tinha 10 Huskies Siberianos e Golden Retrievers, em casa”, disse. “À medida que eles envelheceram e morreram, procurei cães com características semelhantes, apenas menores em tamanho […] e decidi pegar um Corgi”.

Mais tarde, sua esposa pegou outro Corgi. Então mais um. Logo havia cinco deles. E depois que alguns deles tiveram bebês, Kanawaong acabou tendo 12 Corgis no total.

E embora o casal não tenha planejado administrar uma cafeteria com cachorros, a ninhada de filhotes ‘surpresa’ significou que Kanawaong agora poderia compartilhar a alegria que o bando lhe trazia com seus clientes também. “[Foi] nessa época que tivemos a ideia de vê-los correndo e compartilhando sua energia pela cafeteria.”

Os clientes adoram os cãezinhos – e vice-versa. Há um fluxo inesgotável de biscoitinhos transitando entre os corredores do local, para a felicidade deles.

Algumas guloseimas vêm direto de seu dono, mas a grande maioria dos clientes do café também os alimenta.

Kanawaong, no entanto, tem o cuidado de não permitir que eles ganhem peso em excesso desnecessariamente. Assim, os corgis se exercitam regularmente, ao menos três vezes ao dia.

O café (e os corgis) trabalham seis dias por semana. Das 12: 00h às 18: 00h de terça a sexta-feira e das 10: 00h às 18: 00h aos sábados e domingos. Todos os dias, o café organiza sessões de uma hora para 50 clientes (22 mesas) para se encontrar com os doggos que custam cerca de US $ 11 por pessoa.

O dono da cafeteria disse que essa rotina permite que os bichinhos tenham algum tempo de lazer entre eles mesmos e não se esgotem. “Reservo algumas horas do dia para que eles descansem e apreciem a companhia uns dos outros, longe dos clientes. Quero que eles se divirtam tanto quanto nossos clientes. Mas sem exageros”, conclui.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Tradução e adaptação por Portal do Animal, escrito por Gabriel Pietro.

Jovem recebe visita “mágica” de pequena borboleta e comove as redes sociais
4 quadrinhos hilários explicando porque os gatos são melhores que os cachorros
Vídeo viral flagra baleia gigantesca emergindo do oceano ao lado de barco pesqueiro
20 pessoas que levaram a frase “faço tudo por meu animal” para um outro patamar
Cadela é morta para ser enterrada junto com sua dona
Cachorrinha faz performance de estátua viva com seu dono e vira sucesso em Fortaleza
Esse Shiba Inu é a flor mais fofa do Japão e suas fotos estão fazendo pessoas felizes no mundo inteiro
Mulher que trabalha em drive-thru tira fotos de cada cachorrinho que aparece em sua janela
Morreu Grumpy, o gato que inspirou milhões com seus memes na Internet
Gato estraga fones de ouvido, dono reclama, e ele volta com uma cobra como “substitutivo”
Gatinha recém-nascida não para de sorrir após ser resgatado das ruas
Homem encontra gatinho com cadarço amarrado em volta do pescoço