Pesquisadores do Parque Nacional Gir Forest, Gujarat, Índia, notaram algo incomum – o vínculo entre uma leoa e um bebê leopardo pouco mais de um ano atrás. De acordo com Stotra Chakrabarti, que é pesquisadora de pós-doutorado da Universidade de Minnesota, a conexão entre a leoa e o filhote foi incrível, visto que geralmente eles são considerados “rivais”.

Os exemplos de adoção interespécies na natureza são extraordinários, e esse é um dos poucos casos documentados envolvendo animais que normalmente são rivais. Apesar dos animais “lutarem”

por território e comida, essa leoa decidiu deixar de lado a rivalidade entre as espécies e teve piedade do leopardo de apenas dois meses.

Os detalhes dessa relação curiosa foram compartilhadas na revista ecológica Ecosfera, onde os autores Dheeraj Mittal, Stotra Chakrabarti, Shailesh K. Joseph B. Khambda e Bump explicaram como a leoa tinha passado semanas observando e alimentando o pequeno leopardo. A leoa já tinha dois filhotes e tratava o leopardo como se fosse seu próprio filho.

Esta família extraordinária foi observada pela primeira vez em Dezembro de 2018, quando eles estavam perto de um antílope recém-morto. A princípio, os pesquisadores pensaram que o relacionamento seria breve, mas, para surpresa deles, a leoa e seus filhotes continuam juntos. Os dois filhotes de leão se davam bem com seu novo irmãozinho, com quem eles compartilhavam momentos de diversão.

Infelizmente, o relacionamento terminou quando os investigadores encontraram o corpo do pequeno leopardo perto de um ponto de água. Uma autópsia revelou que ele provavelmente morreu de uma hérnia femoral que ele sofreu durante o parto.

Apesar do leopardo não ter sobrevivido, sua mãe adotiva e amorosa garantiu que ele tivesse uma família para compartilhar seus dias enquanto estava neste mundo.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!