Homem quebra barragem de água para resgatar elefante que se afogava na China [VIDEO]

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Uma cena curiosa capturada na província de Yunnan, na China, repercutiu no noticiário oriental nas últimas semanas.

ANÚNCIO

Nela, um homem é visto quebrando uma parede de contenção para salvar um elefante selvagem que se afogava.

De acordo com o jornal Global Times, ao menos 4 elefantes caíram em um lago lamacento no meio da floresta, que encheu muito devido às chuvas sazonais que caem no país.

A encosta escorregadia que circunda o lago pode ter feito os animais se acidentarem enquanto tentavam beber um pouco de água.

ANÚNCIO

Leia também: Em visita à abrigo, menininha italiana cria vínculo instantâneo com cadela pit bull e decide adotá-la [VIDEO]

Os moradores de uma vila viram os elefantes na lagoa e alertaram as autoridades para ajudar a resgatá-los.

ANÚNCIO

Existem apenas 300 elefantes asiáticos na China e, para os moradores locais, foi um esforço comunitário para protegê-los.

Quando os funcionários da Defesa Civil chegaram, três dos quatro elefantes já haviam conseguido escapar da lagoa, mas um deles ainda lutava para não afundar.

ANÚNCIO

Eles não podiam entrar no lago e empurrá-lo para fora, dado o seu peso – de quase 5 toneladas.

Sem opções, um dos homens decidiu quebrar parte da parede de contenção para resgatá-lo.

A decisão foi cirúrgica: com o rompimento da barragem, a água escoou, permitindo que o animal conseguisse tocar o chão sem submergir.

“Depois que o elefante saiu, ele continuou olhando para nós. Pensamos que estava expressando sua gratidão. Ele olhou para nós por cerca de dois minutos antes de sair”, compartilhou Chen Zhiyu, do Centro de Serviço Florestal da Cidade de Liushun.

Nas redes sociais, milhares de internautas também se mostraram bastante agradecidos com a ação rápida do homem.

“A inteligência do elefante para sair pela parte quebrada da parede foi certeira também. Trabalho incrível dessas pessoas que o ajudaram”, disse Rm.

“Os elefantes possuem uma excelente memória, ele vai se lembrar disso enquanto viver”, acrescentou o guarda Smitty, da Defesa Civil.

Após o resgate, o animal retornou à floresta.

“O crescimento da população humana, a rápida urbanização, o desenvolvimento de infraestrutura e a expansão da agricultura comercial contribuem para a perda e fragmentação do habitat, a ameaça mais significativa para os elefantes asiáticos. Desde 1988, o elefante asiático foi designado como animal protegido de Classe 1 na Lei de Proteção à Vida Selvagem da China”, informou o IFAW (Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal) em seu site.

A união faz a força!

Assista ao vídeo abaixo:

Leia também: Mulher resgata cachorra que seria sacrificada e dias depois, descobre que ela estava grávida de 10 filhotes

Compartilhe o post com seus amigos! 😉