Homem faz viajem de 2000 quilômetros para reencontrar seu cachorro que havia fugido de casa

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Há cerca de seis meses, o abrigo da ONG Washington County Animal Shelter recebeu uma ligação anônima que dizia que um cachorro vira-lata chamado Blue apareceu na casa de um estranho, procurando um lugar seguro para descansar.

ANÚNCIO

Um funcionário da entidade correu até lá para ajudar o cão misto da raça pit bull e trazê-lo para o abrigo.

Ninguém sabia há quanto tempo Blue estava nas ruas, mas o cachorrinho sem-teto parecia amar todos os humanos que encontrava.

ANÚNCIO

Leia também: Gatinha encontra finalmente família amorosa para acolher ela e seus filhotes

“Ele era um cachorro despreocupado”, disse Tammy Davis, diretora-executiva do abrigo. “Ele era um pouco tímido no início e não gostava muito de todos os outros cães ao seu redor, mas era muito afetuoso com as pessoas e amoroso com a equipe.”

ANÚNCIO

Devido à pandemia de Covid-19, o abrigo teve que fechar as portas ao público e fazer as visitas apenas com hora marcada. Com menos tráfego de potenciais adotantes, Blue ficou meses esperando em seu canil – o que acabou sendo uma bênção disfarçada.

Para apresentar Blue a alguns adotantes em potencial, o abrigo postou um vídeo dele brincando com seu brinquedo favorito em sua página do Facebook. Momentos depois, um comentário no vídeo dizia: “Ei, esse é o meu cachorro!”.

ANÚNCIO

Confira abaixo:

Isso porque Blue fugiu de sua casa no estado do Tennessee (EUA) seis meses atrás.

Não se sabe como o cachorro percorreu tamanha distância.

Seu pai o procurou incansavelmente, mas acabou tendo que se mudar para trabalhar no Texas (estado vizinho, no sul estadunidense). Ele pensou que nunca mais veria seu cachorro até que seu amigo lhe enviou o vídeo de Blue no Facebook.

Tudo o que faltava fazer era confirmar se o homem que dizia ser o dono de Blue estava falando a verdade: “O brinquedo favorito de Blue no abrigo era uma bola azul que rangia e em nosso vídeo, ele estava brincando com essa bola”, disse Davis.

“Assim que começamos a conversa com o dono, ele disse: ‘Sim, tenho fotos do meu cachorro.’ Ele nos mandou fotos de Blue em sua casa com aquela mesma bola azul, que era seu brinquedo favorito em casa. Foi algo muito louco.”

O pai de Blue dirigiu quase 2.000 quilômetros para buscar seu ‘filho’, e a reunião foi tudo o que eles poderiam ter esperado. “Era muito óbvio que o cachorro tinha um vínculo com aquela pessoa”, disse Davis.

“Blue ficou chocado por uma fração de segundo, tipo, ‘Estou acreditando nos meus olhos?’ E então foram apenas beijos imediatos e o homem estava chorando, foi ótimo. ”

Você pode assistir à reunião emocionante aqui: