ANÚNCIO

Para a absoluta surpresa de sua família, o fazendeiro Om Narayan Verma, de 50 anos, decidiu contrariar todas as expectativas e excluir seus próprios filhos do testamento, deixando metade de toda a fortuna para seu cachorrinho de estimação, Jacky.

Narayan vivia no vilarejo de Badiwara, em Chhindwara, na Índia, e faleceu recentemente.

ANÚNCIO

De acordo com a emissora NDTV, o fazendeiro era muito próximo de Jacky, a quem tratava como um filho. Ele se dizia preocupado com o destino do cão após sua morte, então tratou de garantir a segurança e bons cuidados à Jacky em vida, preparando um testamento à altura do amor que sentia pelo doguinho.

Leia também: Família viaja com cadelinha com câncer terminal e dá pra ela seus melhores últimos dias de vida

ANÚNCIO

Consta no testamento que Narayan possuía cerca de 21 acres de terra e duas esposas. No primeiro casamento, teve 2 filhas e um filho; no segundo, duas filhas. Apenas sua segunda esposa recebeu alguma coisa: a outra metade da fortuna que o fazendeiro tinha. Os demais membros da família ficaram de mãos abanando.

Segundo o juízo responsável pelo cumprimento do testamento, a pessoa que for cuidar de Jacky terá direito a usar a sua cota na propriedade para garantir o bem-estar do cão, além de herdar a parte da propriedade do animal quando ele vier a falecer.

Claro, o testamento descontentou profundamente a família de Narayan, gerando indignação e brigas entre os irmãos, mas, de toda forma, o último desejo de Narayan foi cumprido.

ANÚNCIO

“O autenticado não incluirá apenas o nome do meu cachorro, mas também o nome de minha esposa Champa Bai. Eu dei uma parte da minha herança para o meu cachorro para garantir que minha família tome conta de Jacky mesmo após minha morte. Mas, a questão toda foi resolvida agora”, declarou o idoso no documento.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Leia também: Ex-presidente do Uruguai pede para ser enterrado ao lado de sua amada cachorrinha falecida

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

Você pode gostar: