ANÚNCIO

Steve Creigs passou por um difícil período quando seu cão de longa data faleceu. Inundado pelo luto, ele não conseguia parar de pensar em como continuar sem seu amigo ao seu lado.

Certo dia Steve entrou em seu veículo e dirigiu até o centro de resgate mais próximo, após decidir que precisava de outro companheiro. Porém, o pedido que fez ao chegar assustou todos os funcionários do local: queria o cão que ninguém mais aceitou.

ANÚNCIO

Leia também: Cachorrinho em abrigo veste smoking para o grande dia que seria adotado, mas a família não aparece

Sem pestanejar, a equipe do abrigo apresentou Eeyore, de 12 anos, um chihuahua idoso com quatro problemas nos joelhos e no coração.

ANÚNCIO

Ainda assim, mesmo com todos os problemas de saúde de Eeyore, Steve continuou decidido a adotá-lo, e Eeyore rapidamente se concretizou como o mais novo membro da família. No entanto, a missão de Steve não havia terminado e logo voltou para o mesmo local, apenas para fazer o exato mesmo pedido ‘me dê um cachorro que ninguém mais quer’.

Boa parte da vida de Steve foi ao lado de muitos animais e ele sempre os amou. Seus pais adoravam pets e isso parece ter passado para o homem. Depois de Eeyore, ele continuou adotando animais necessitados, os dando amor e carinho.

ANÚNCIO

Surpreendentemente, Steve aumentou sua família com 13 novos membros, todos indesejados, e sobrou espaço até mesmo para um coelho, uma galinha e um porco, chamado Bikini.

A rotina de cuidado com essa grande família animalesca é relatada por Steve em um perfil do Instagram, o qual conta com mais de 1 milhão de seguidores. Uma verdadeira febre!

Em um dia comum, ele acorda às 5 da manhã e faz o café da manhã para todos os seus peludos, que, como já foi dito, são 10, e a maioria deles tem dietas distintas.

Ele usa os finais de semana para levar os animais à clínica veterinária para checar se está tudo bem.

“Eu cresci com muitos animais de estimação. Meus pais eram amantes dos animais e quase sempre me deixavam ter o que eu queria, desde que eu pudesse cuidar disso ‘, disse Steve.

E essa grande família tem até um nome: Wolfgang! Ou “gangue dos lobos”, em português.

Cães idosos também merecem amor e cuidado, assim como qualquer outro, e é essa mensagem poderosa que esse homem de coração gigantesco quer passar.

Leia também: Policiais militares socorrem cão pit bull amarrado e espancado em Juiz de Fora (MG)


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Você pode gostar: