Homem aprende rapidamente o porquê de nunca dever provocar um bisão selvagem

Na terça-feira à noite, Lindsey Jones e sua família estavam dirigindo pelo Parque Nacional de Yellowstone quando viram muito mais do que esperavam.

Enquanto estavam presos no trânsito, Jones viu um grande bisão brincando nas proximidades e pegou sua câmera.

“Durante um engarrafamento a gente viu um bisão esfregando a cabeça no fundo de uma árvore”, disse Jones. “Ele desceu a colina onde estava e nós decidimos tentar pegar algumas imagens dele com nossa câmera.”

Ela continuou filmando à distância enquanto ele caminhava calmamente pela estrada – e aí ela percebeu que o bisão tinha companhia.

“Por acaso, vimos um cavalheiro andando no meio do trânsito sem sapatos”, disse Jones. “Eu continuei a filmar enquanto o homem continuava para aparentemente confrontar o grande animal.”

Jones e sua família ficaram chocados com a atitude ousada do homem – e com a maneira calma com que o bisão cruzou para o lado oposto da estrada. Embora o bisão tenha tentado evitá-lo, o homem continuou se aproximando, continuando a provocar o animal de mais de 500 quilos.

Jones ficou chocada com o que o homem fez em seguida.

“Eu não consegui entender o que ele estava dizendo ao animal, mas ele estava aparentemente gesticulando para fazer ele sair da estrada”, continuou Jones, “e então basicamente levantou os braços gesticulando, com o intuito de desafiar o animal na frente de todos nós.”
(vídeo:)

Sua risada se transformou em preocupação quando o bisão se virou e se aproximou do homem, e então, depois de apontar os chifres para baixo – carregou sobre ele. Aterrorizada com o que estava prestes a testemunhar, Jones abaixou a câmera, dizendo: “Oh Deus, oh não, não, não – não consigo assistir!”

Felizmente, o bisão decidiu que o homem não merecia sequer seu esforço, parecendo se afastar a poucos centímetros do homem.

“Eu estava com medo de que tudo pudesse acabar muito pior do que realmente acabou”, acrescentou Jones. “Felizmente, não houve ferimentos aparentes e o bisão prosseguiu calmamente com seu passeio pela estrada. Não temos certeza do que aconteceu com o homem após o incidente, pois o transito continuou a se mover e ele desapareceu de nossas vistas. ”

O parque, conhecido por seus alces, búfalos, ursos e coiotes, pode ser um lugar perigoso para visitar se as devidas precauções de segurança forem ignoradas – assim como em qualquer área onde os animais selvagens sejam comuns.

“Nunca se aproxime de animais ou bloqueie o transito para os ver ou tocar. Os animais em Yellowstone são selvagens e imprevisíveis, não importa quão calmos eles pareçam ser ”, alertam os serviços do Parque Nacional . “Fique sempre a pelo menos 90 metros de distância de ursos e lobos e a pelo menos 25 metros de distância de todos os outros animais, incluindo bisões e alces”.

Jones postou o vídeo tenso em sua página no Facebook, junto com a legenda “#dontdrinkandbuffalo” (#nãobebaebuffalo em tradução livre). Embora não se saiba se o homem descalço estava realmente inebriado ou não, provocar um bisão dessa forma, certamente não é uma decisão tomada sobriamente.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado


Tradução e adaptação Portal do Animal – Fonte: The Dodo
Créditos vídeo: Lindsey Jones

Todos os dias, filhote de cervo espera cachorro na floresta para brincarem juntos
Esquilo ‘mafioso’ negocia nozes com vendedor em troca de sua ‘proteção’
Cachorrinha foge de casa para dar um ‘rolê’ com cervo na floresta
Baleia é encontrada morta em praia com mais de 100 kg de plástico em seu estômago
Pit bull recebe linda serenata do seu pai: ‘Ela estava adorando cada minuto’
Todos os dias, filhote de cervo espera cachorro na floresta para brincarem juntos
Cadelinha cuida de um galho por 5 anos como se ele fosse seu próprio filho
Cachorrinha recebe mais de 30 pedidos de adoção após salvar 5 gatinhos do frio
Cachorrinha recebe mais de 30 pedidos de adoção após salvar 5 gatinhos do frio
Voluntário transforma caixas térmicas descartadas em casinhas para gatos de rua
Caminhoneiro chora ao rever seu gato, após 2 meses separados: ‘Foi um milagre de Natal’
Menina não consegue sustentar gata e é forçada a deixá-la na rua com bilhete: ‘Adeus, Violet’