Durante uma excursão por um parque florestal, um grupo de aventureiros encontrou um filhote de raposa, sozinho e faminto na trilha.

Sensibilizados com a situação do pequeno, eles se dispuseram a procurar por sua família na mata, sem sucesso. Deduziram então que o filhote era órfão e precisava de ajuda.

Deixando o estigma de lado, eles pegaram o animal selvagem e o levaram consigo até a casa de um dos rapazes.

Leia também: Gatinha rejeitada pela mãe após o nascimento faz amizade em abrigo com porquinha resgatada

Lá, lhe ofereceram água e comida – o filhote estava muito, muito faminto!

Eles deixaram-no descansar e mais tarde naquele dia, deram um banho no pequeno, removendo toda a sujeira presa em seu pelo.

Havia pulgas em sua pelagem e algumas feridas, que mais tarde seriam tratadas em um centro veterinário. Durante todo esse processo, a raposa sempre manteve a calma e parecia solícita com o bom grado dos seus socorristas.

Eventualmente, um deles decidiu acolhê-la em sua casa, cuidando dela como se fosse um animal de estimação. Em questão de meses de convívio, o filhote se adaptou à sua nova sem maiores dificuldades.

O filhote cresceu e se tornou uma elegante raposa vermelha. Seus olhos estavam cheios de vida, e ele não conseguia esconder sua emoção ao ver seus salvadores vindo visitá-lo de tempos em tempos. Curiosamente, a raposinha também se tornou amiga de um cão shih tzu do seu tutor.

Todos merecem uma segunda chance, né? Graças à empatia e generosidade desses rapazes, a raposa órfã hoje vive muito bem e com fartura!

Leia também: Pônei com deficiência nas pernas recebe prótese revolucionária que o permite andar pela 1ª vez

Compartilhe o post com seus amigos! 😉