ANÚNCIO

O importante não é o quanto você tem, mas o que você faz com o que você tem. E isso fala muito sobre você. E, se parte de seu capital, que nem sempre deve ser medido em dinheiro, você usa para ajudar a salvar cães, seja bem-vindo. Foi o que George Clooney e sua esposa, a advogada Amal Alamuddin, fizeram. O casal doou 10 mil dólares para contribuir com a recuperação de nove Cockers que foram resgatados das mãos de um criador sem escrúpulos.

Os cães estavam em uma casa na Califórnia, no deserto do Mojave. Lá chegaram os membros do Camp Cocker Rescue e descobriram uma imagem desoladora e que exigia atenção veterinária urgente.

ANÚNCIO

Como a organização se sustenta principalmente por doações, ela pediu ajuda imediata para atender os custos do tratamento dos animais liberados de seu calvário.

Eles, em sua página, solicitaram colaborações dos 5 dólares. A surpresa foi gigante quando descobriram que tinham 10.000 de uma só vez. E ficaram mais espantados ainda quando viram quem eram os doadores famosos.

ANÚNCIO

Por esta razão, pediram ao casal se poderiam divulgar sua contribuição, a fim de incentivar outras pessoas a colaborarem com o centro, que não tem fins lucrativos.

Para dizer a verdade, não é novidade que Clooney, além do apelido de “solteiro mais cobiçado” que ganhou até se render diante de Alamuddin, sempre foi uma pessoa de colocar o corpo – ou o que quer que fosse – na defesa de suas convicções.

Mesmo do ponto de vista artístico, quando decidiu estar também atrás das câmeras, criou obras que, além de grande qualidade artística, demonstraram sem ambiguidade seu compromisso político.

ANÚNCIO

Por sua parte, sua esposa não ficou atrás em sua conexão com causas de direitos humanos. Ela é lembrada pelos meios, por exemplo, como uma das advogadas de Julian Assange no caso WikiLeaks.

Portanto, não é de surpreender que a sensibilidade deste casal também os leve a defender os animais incentivando a adoção de cães abandonados.

Mas voltando aos nove Cockers, podemos comemorar que eles tenham conseguido uma vida melhor.

É que até o momento em que os socorristas chegaram, eles tinham sido tratados como simples mercadorias.

Ao que parece, os filhotes nunca receberam atenção veterinária e que tiveram pouco contato com humanos. E muitos viveram ao ar livre, sujeitos às intempéries.

Entre os problemas de saúde mais sérios que apresentaram, destacam-se:

  • Tumores de mama
  • Doenças dentais
  • Ruptura do tímpano
  • Ouvidos calcificados
  • Infecções cutâneas
  • Unhas encravadas
  • Olhos de cereja

Embora todos os cães precisassem de atenção veterinária, o caso mais urgente que encontraram foi o de Abigail. A cadela tinha grandes tumores mamários em ambos os lados do corpo.

Além disso, enquanto alguns animais estavam muito magros, denotando falta de alimentação suficiente e adequada, outros estavam acima do peso.

O bom é que os peludos já estão seguros e podem se recuperar graças à ação de tantas boas vontades que contribuíram à sua maneira.

É sempre uma boa notícia que, embora haja tanto mal tratadores de animais, também há boas pessoas dispostas a salvá-los. E seus nomes é o mínimo. O que importa é a ação. Ligue-se em George Clooney e seja um voluntário anónimo (ou não).

Você pode gostar: