ANÚNCIO

Já se passaram meses desde que Zeus, o gato, se despediu de seu amigo, um cachorro chamado Sam que infelizmente faleceu. Mas o amor do gato triste por seu velho companheiro canino ainda queima forte em seu coração.

E recentemente, isso não poderia ter ficado mais claro.

ANÚNCIO

À superfície, o relacionamento entre Zeus e Sam parecia não fugir muito do típico relacionamento entre um gato e um cachorro vivendo sob o mesmo teto.

Mas apesar dos contrastes em suas espécies e temperamentos, um vínculo se formou entre eles – embora eles o expressassem de maneiras diferentes.

ANÚNCIO

“Zeus sempre tentou abraçar Sam e brincar com ele, mas Sam sempre se mostrava desinteressado”, disse Emma Catanzarite, dona do par, ao The Dodo. “Zeus amava provocá-lo o tempo todo.”

Ele só queria estar perto.

ANÚNCIO

Mas enquanto os gatos são geralmente aqueles que têm uma maneira engraçada de demonstrar afeição, neste caso foi Sam o cão que expressou seu amor através da tolerância.

Infelizmente, o tempo que passaram juntos não iria durarpara sempre. Faz agora dois meses que Sam morreu – acontecimento que lançou uma longa sombra no coração do gato.

“Zeus parecia muito solitário depois que Sam faleceu”, disse Catanzarite. “Ele começou seguindo minha mãe muito mais durante o dia e começou  miando muito depois que ele morreu, como se estivesse procurando por ele. No dia em que Sam morreu, nós o envolvemos em um cobertor e minha mãe entrou na sala para encontrar Zeus dormindo em cima dele, como se ele finalmente tivesse a chance de o abraçar “.

Sam pode ter ido embora, mas esta semana Zeus encontrou uma maneira de se reconectar com ele.

Desde a morte do cachorro, que o irmão de Catanzarite manteve o colarinho velho em uma estante de livros em seu quarto. No outro dia, Zeus encontrou o colarinho – e seu coração pareceu inchar.

“Eu vi Zeus farejando pela estante de livros e de repente deu um pulo para se sentar bem perto do colarinho”, disse Catanzarite. “Fiquei tão triste vendo como ele estava feliz por encontrá-lo e finalmente cheirar Sam novamente.”

Aqui está um vídeo de Zeus redescobrindo o cheiro que ele estava sentindo falta:

É impossível dizer com certeza se simplesmente cheirar Sam novamente foi suficiente para consertar seu coração, mas certamente parecia ser assim.

“Ele parecia tão feliz quando descobriu o colarinho”, disse Catanzarite. “Eu acho que isso o poderá ter ajudado.”

Nada jamais trará Sam de volta, mas sua presença ainda permanece em espírito e perfume – e agora Zeus sabe exatamente aonde ir para encontrá-lo.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Adaptação e tradução Portal do Animal – Artigo originalmente escrito por Stephen Messenger, no portal The Dodo

Você pode gostar: