ANÚNCIO

Donny foi encontrado vagando por um estacionamento quando tinha apenas alguns meses de vida, doente e precisando desesperadamente de ajuda. Ele foi resgatado pela North Shore Animal League, em Nova York, onde os funcionários trabalharam muito para cuidar dele. Infelizmente, os olhos de Donny estavam subdesenvolvidos e se tornaram inúteis para ele e por consequência disso, seus salvadores tomaram a decisão de os remover.

ANÚNCIO

Não muito tempo depois de sua cirurgia, descobriu-se que Donny também sofre de hipoplasia cerebelar, uma condição neurológica que lhe causa graves problemas de equilíbrio.

O Donny bem novinho e já tinha uma conta bem grande nas suas costas, e cego e cambaleante foi colocado em um lar adotivo com Beth Stern , uma ávida resgatadora, para esperar que sua família eterna o encontrasse. Embora às vezes possa ser mais difícil encontrar casas para animais com necessidades especiais, não demorou muito para a pessoa perfeita ‘tropeçar’ no caminho de Donny.

Susan Smith estava percorrendo o Instagram em Março de 2016, quando viu um post sobre Donny e instantaneamente se apaixonou por ele. Mesmo que ela e o marido não estivessem querendo adotar outro gato, decidiram ir encontrá-lo mesmo assim – e assim que o fizeram, imediatamente souberam que ele viria para casa com eles.

ANÚNCIO

“Ele estava cambaleando e esbarrando nas coisas, mas continuou correndo”, disse Smith. “Ele caia, mas voltava a se colocar de pé, com o espírito mais incrível que eu já vi. A vida lhe deu um golpe duplo, mas mesmo assim era o gato mais feliz que já conhecemos. Tudo aconteceu em uma noite de sexta-feira e eu o peguei logo no domingo de manhã.”

Desde o momento em que Donny chegou em sua nova casa, sua mãe percebeu que havia algo especial nele. Desde o começo, ele tem sido o gato mais amoroso e gentil, e continua surpreendendo sua família com o quão descontraído e feliz ele é, apesar das suas debilidades. Apesar de tudo o que ele passou, ele parece não ter ideia de que é diferente, e atravessa cada desafio que a vida lança com um sorriso no focinho e a sua boa disposição e felicidade características.

ANÚNCIO

“Ele não tem ideia de que é diferente, então ele faz o que todo mundo está fazendo, incluindo escalar até o poleiro mais alto na árvore dos gatos e depois cair por ela abaixo quando quer descer”, disse Smith. “É por isso que meu chão está coberto de travesseiros e esteiras. Quando ele me ouve chegar em casa do trabalho ele costuma estar na janela da frente e depois cai em uma esteira e fica esperando na porta da frente.

Todo mundo que conhece Donny comenta sobre o quão descontraído ele é, então sua mãe decidiu tentar matriculá-lo como um gato de terapia. Ela sabia que ele tinha o temperamento certo para conviver com outras pessoas e esperava que essa nova “tarefa” fosse boa ajuste para ele – mas, jamais ela poderia imaginar o quanto ele estava destinado a fazer isso .

Donny geralmente visita pacientes idosos que têm a doença de Alzheimer e demência e irá começar a trabalhar em bibliotecas e escolas em breve também. Seu principal trabalho como gato de terapia é se relacionar com os pacientes sentando-se em seus colos e trazendo-lhes algum conforto muito necessário e até agora, parece que ele realmente adora seu trabalho.

“Assim que chegamos lá, ele é um gato completamente diferente”, disse Smith. “Eu juro que de alguma forma ele sabe que ele tem um trabalho importante a fazer. Se estivéssemos em casa, ele nunca se sentaria no colo de alguém durante esse período de tempo.”

Quando a avó de Donny (a mãe de Smith) foi diagnosticada com câncer de pulmão e começou a passar muito tempo no hospital, Smith imediatamente soube quem era o candidato perfeito para ajudar a animá-la. Ela começou a trazer Donny para o hospital regularmente para visitar sua avó, e era incrível o quanto o doce gato cego parecia ajudá-la.

O câncer da avó de Donny foi inicialmente muito agressivo, mas o tumor acabou encolhendo muito mais rápido do que a família e a equipe médica pensava ser possível – e agora ela está, milagrosamente, sem câncer.

Donny foi capaz de manter a alma bem viva de sua avó enquanto ela estava no hospital e enquanto se recuperou em casa, e sua mãe acha que desempenhou um papel importante em sua saúde geral.

“Eles são extremamente ligados um com o outro”, disse Smith. “Nada a encantou mais do que vê-lo andar em sua casa sem esbarrar nas coisas.”

Donny não tem ideia de que sua vida tem sido um pouco mais desafiadora do que a vida da maioria dos gatos, e sua atitude positiva inspira as pessoas à sua volta todos os dias. Ele adora mostrar às pessoas que tudo é possível e continuará ajudando e apoiando todos ao seu redor através de seu trabalho como o melhor gato terapauta do mundo.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado


Tradução e adaptação Portal do Animal – Fonte: The Dodo

Você pode gostar: